Gestão & Administração Formação de executivos na era digital

Formação de executivos na era digital

São múltiplos os desafios que se colocam aos profissionais que procuram actualização em meio a uma verdadeira revolução tecnológica pelo que importa perceber como lhes dar resposta de forma adequada.
Formação de executivos na era digital
Negócios 03 de novembro de 2017 às 10:18

A transformação digital (e tudo quanto as duas palavras implicam) tomou conta do dia-a-dia de grande parte das empresas que procuram manter-se activas e competitivas no mercado global.

 

Fruto da modernização tecnológica, mudam as plataformas de trabalho, mudam requisitos, necessidades ou ritmos de resposta e muda também, obrigatoriamente, a força de trabalho.

Na realidade, e no que às equipas diz respeito, a verdade é que cada vez mais os trabalhadores são "obrigados" a seguir o ritmo das mudanças que as TIC impõem e a "modernizarem-se" também eles com o intuito de responder rápida e eficazmente ao que a empresa espera de si e ao que os clientes procuram.

 

Nesse sentido, a formação e permanente actualização de executivos é condição essencial abrangendo uma vasta gama de temas e tocando vários pontos, mas tendo sempre como denominador comum, a transformação digital e a modernização tecnológica.

O facto é que as mudanças disruptivas dos modelos de negócio associados ao conceito 4.0 vão acabar por dar origem a um conjunto de especializações que não existiam há cinco ou seis anos atrás. Segundo dados do Fórum Económico Mundial, mais de metade das crianças que estão agora a entrar no ensino primário (65%) vão acabar por ter empregos "que ainda não existem actualmente".

 

Diz a mesma entidade que, como forma de combater o desemprego tecnológico, as competências dos trabalhadores devem ser cada vez mais orientadas a matérias como a matemática, a computação ou a engenharia.

São vários os especialistas que defendem que a formação é um investimento que compensa, já que permite potenciar a aquisição e o reforço de novas competências, aumentar a produtividade e reforçar a eficiência das organizações.

 

No caso da formação para executivos, são várias as opções actualmente disponíveis no mercado nacional, todas elas focadas nas novas tendências digitais.

 

A convergência de tecnologias e a omnicanalidade, tudo o que são conceitos de mobilidade, redes sociais, cloud, big data e IoT ou a informação em tempo real são temáticas em análise neste tipo de formações já que foram também responsáveis por alterar profundamente a forma como as pessoas se relacionam, comunicam e trabalham.

 

Os cursos surgem vocacionados para executivos de grandes multinacionais, mas também para aqueles que estão à frente de pequenas startups e que procuram uma actualização em meio aos novos desafios que agora enfrentam.

 

Avaliar correctamente a sua maturidade digital, enquanto profissional, e a da sua empresa, definir políticas e estratégias de transformação digital e alcançar a liderança digital implementando uma cultura forte neste campo são alguns dos muitos saberes que se pedem actualmente aos "novos" profissionais do mundo digital. Mais do que "apenas" uma tendência, a formação permanente em matérias de transformação digital tornou-se, actualmente, mandatória.