Transformação Digital Recursos humanos são componente essencial na transformação digital

Recursos humanos são componente essencial na transformação digital

Tão ou mais importantes do que a tecnologia, os recursos humanos são uma variável determinante em todo o processo de transformação digital dentro das organizações.
Recursos humanos são componente essencial na transformação digital
C-Studio 12 de fevereiro de 2018 às 11:11

O universo empresarial passa, constantemente, por alterações que afectam não só as organizações em si e o seu negócio, como também todos quantos formam a equipa de profissionais a elas dedicados. São mudanças profundas que levam as primeiras e os segundos a reinventarem-se constantemente, sob pena de perderem o comboio da concorrência.

 

As novas tecnologias, a digitalização e todas as transformações que ambas impõem são disto um bom exemplo. Informação, conhecimento, conectividade, media sociais, a nuvem e a IoT são recursos indispensáveis e estratégicos nesta nova era cada vez mais digital.

 

Dentro das organizações, os líderes terão de compreender que a transformação digital não é só sobre a tecnologia em si, mas sim sobre como alavancar a tecnologia para tornar o negócio mais eficaz e, igualmente, sobre pessoas e novas formas de trabalho.

 

Neste caso, importa não esquecer que muito do sucesso ligado a um determinado projecto depende da força de trabalho da organização – e muito do insucesso também. No caso da transformação digital, o cenário não é, de todo, diferente. A transformação do negócio e dos hábitos de trabalho deverá ser feita com base numa liderança forte, numa estratégia e numa cultura organizacional claramente definidas e difundidas entre todos.

 

Por si só, um processo de mudança nunca é algo fácil, pelo que importa ter líderes com uma clara visão do negócio, capazes de assumir riscos e com força para romper com paradigmas antigos, disseminando (em vez de impor) uma mudança que se quer ganhadora.

 

Neste campo, o envolvimento de todos os elementos do processo é condição essencial, até mesmo porque se sabe que o talento é um dos motores mais fortes em todo o processo de digitalização de uma organização.

 

Ouvir as equipas, perceber as suas necessidades, mudar envolvendo cada um dos elementos afectados pela mudança será, no final de contas, sinónimo de sucesso garantido. A transformação digital é um processo irreversível que permitirá, em última análise, revolucionar toda a experiência dos colaboradores, transformando processos, sistemas e a própria organização do trabalho em novas plataformas digitais.

 

E as mais-valias passam por programas e sistemas que agilizam o trabalho e favorecem a entrega de resultados, que garantem um melhor time-to-market ao nível de produtos e serviços e que ajudam a garantir superiores experiências de compra e a contar com clientes mais satisfeitos. 

 

Mas passam também pela disponibilização de novas ferramentas de trabalho internas, com os dispositivos móveis a ganharem força redobrada. Os especialistas do sector defendem mesmo a importância de as organizações implementarem internamente soluções de produtividade em dispositivos móveis, algo que menos de 20% das organizações, em média, farão actualmente.

 

Outro dado determinante nesta nova era digital diz respeito à aprendizagem e às carreiras que devem ser construídas continuamente e em tempo real. A verdade é que cabe, cada vez mais, às organizações a capacidade de pôr em marcha um processo de aprendizagem contínuo, totalmente crucial para o sucesso da organização e dos seus profissionais. Neste campo, as plataformas online são ferramenta essencial já que disponibilizam um modelo de aprendizagem rápido, eficaz, à distância de um clique e, acima de tudo, sempre disponível.

 

Contas feitas, as organizações não podem entrar na era digital sem a adesão das suas equipas, mas estas não podem também já dispensar as mais-valias que as novas plataformas asseguram. Preparar equipas para a transformação digital significa reformular competências e recursos tecnológicos; significa, no fundo, envolver a força de trabalho.

 

E a sua empresa, já está preparada para a nova era?