Automóveis DS 7 Crossback: “La Première”... chega primeiro!

DS 7 Crossback: “La Première”... chega primeiro!

O DS 7 Crossback, novo SUV da marca francesa do grupo PSA, chega no início de 2018, mas a edição especial "La Première", reservada apenas através da internet, tem lançamento exclusivo.
Adriano Oliveira 17 de junho de 2017 às 16:00
€ n.d.

DS 7 Crossback BLUEHDI 180 S&S EAT8

Motor: dianteiro transversal, ferro/alumínio, gasóleo, 4 cilindros em linha, 16 válvulas, injecção directa, turbo, geometria variável, "intercooler", "start/stop".
Cilindrada: 1.997 cc.
Potência máxima: 177 cv às 3.750 rpm.
Binário máximo: 400 Nm às 2.000 rpm.
Velocidade máxima: 207 km/h.
Aceleração: 9,4s 0-100 km/h.
Tracção: dianteira.
Transmissão: automática de oito velocidades.
Consumo misto: 4,9l/100km.
Consumo urbano: n.d.
Consumo. extra-urbano: n.d.
Emissões CO2: 128 g/km (Euro VI).

Requinte, luxo e exclusividade são os princípios que norteiam o novo SUV de cinco lugares DS 7 Crossback, que vai chegar ao mercado no início do próximo ano. As encomendas já estão abertas na rede de concessionários da marca, mas ainda não há preços.

Novidade no lançamento deste modelo é a edição exclusiva e limitada "La Première", para reservas únicas através do site da marca até final Dezembro. Promete ser ainda mais especial no equipamento e nas cores da carroçaria e do interior. Serão as primeiras unidades a ser entregues.

A gama DS 7 Crossback vai dispor de um alargado leque de motores, todos eles cumprindo já as recentes normas de emissões Euro 6.2: três propulsores a gasolina, com potências da ordem dos 130, 180 e 225 cv (o primeiro com caixa manual de seis velocidades e os dois últimos com a nova automática de oito, em estreia), e dois a gasóleo BlueHDi, de 130 (manual de seis) e 180 cv (auto de oito).

A edição "La Première" vai estar disponível apenas nas duas motorizações mais potentes da gama, com 225 cv na versão a gasolina e 180 cv se for a gasóleo, em ambos os casos associadas à nova caixa automática de oito velocidades. Os preços estimados rondarão os 50 mil e os 60 mil euros, respectivamente.

Primeiro de uma série de seis novos modelos a apresentar nos próximos quatro anos, este SUV com a chancela DS oferece uma experiência única em todos os sentidos, a começar pelo conforto e ambiente a bordo, em que sobressaem os materiais nobres, como as madeiras ou as peles verdadeiras.

Outros pormenores dignos de registo são, por exemplo, os dois ecrãs de 12 polegadas (um destinado à climatização, navegação e sistema multimédia e o outro que funciona como quadro de instrumentos), ou o emblemático relógio BRM Chronographes.

Destaque também para a extensa lista de novas tecnologias de série, como o DS Connected Pilot, que está a um passo da condução autónoma, graças à sua capacidade para manter a velocidade do veículo e a distância em relação à viatura da frente.

Outros exemplos são o DS Park Pilot (estaciona sozinho, em paralelo ou em espinha, e ainda detecta lugar vago, a uma velocidade até 30 km/h), ou o DS Active Scan Suspension, que antecipa os movimentos da carroçaria e o estado do piso, através de informação recolhida por uma câmara no pára-brisas e diversos sensores, e adapta a resposta da suspensão de modo a garantir o máximo de conforto a bordo.


Destaques

O novo SUV familiar DS 7 Crossback é fabricado nas instalações da PSA - Peugeot Citroën em Mulhouse, França

Bairros dão nome ao equipamento
Bastille, Rivoli, Faubourg e Opéra, nomes de bairros parisienses, referenciam quatro dos cinco níveis de equipamento do DS 7 Crossback numa homenagem à Cidade Luz, onde a marca tem a sua origem. O quinto nível adopta a designação "Performance Line".


Híbrido E-TENSE com 300 cv
A versão híbrida E-TENSE será a mais potente do DS e chega em 2019. Com 300 cv, junta um bloco a gasolina de 200 cv e dois eléctricos de 109 cv cada. Terá três modos de funcionamento: ZEV (100% eléctrico, até 60 km de autonomia), HEV (híbrido) e Sport (combinado).

Negócios em Barcelona, a convite da DS






A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub
Saber mais e Alertas
pub
pub
pub