Automóveis Ford: Viva la Fiesta!

Ford: Viva la Fiesta!

O novo Ford Fiesta cresceu em tamanho, está mais tecnológico e ganhou maior dinamismo. Está à venda com três e cinco portas, e preços a partir de 16.383 e 16.942 euros, respectivamente.
Adriano Oliveira 12 de agosto de 2017 às 16:00
Características

16.383€

Ford Fiesta 1.1 TI-VCT Business 3 Portas

Motor: dianteiro transversal, ferro/alumínio, gasolina, 3 cilindros em linha, 12 válvulas, injecção indirecta.
Cilindrada: 1.084 cc.
Potência máxima: 71 cv (5.000-6.500 rpm).
Binário máximo: 110 Nm às 3.500 rpm.
Velocidade máxima: 160 km/h.
Aceleração: 14,9s 0-100 km/h.
Tracção: dianteira.
Transmissão: manual de 5 velocidades.
Consumos homologados: misto 4,7l/100 km; urbano 6,1l/100 km; extra-urbano 3,9l/100 km.
Emissões CO2: 107 g/km (E VI).


À primeira vista, o novo Ford Fiesta parece igual ao seu antecessor, mas é puro engano. Esteticamente, as alterações são muitas, a começar pela grelha "sorridente" na dianteira, quer na traseira, onde sobressaem os farolins redesenhados.

Registe-se ainda o facto do novo Fiesta ter crescido sete centímetros no comprimento (para um total de 4,40 metros), que se traduzem numa melhoria da habitabilidade, designadamente, nos lugares traseiros.

No plano tecnológico, esta sexta geração Fiesta atinge patamares até aqui reservados a modelos de segmentos superiores, apesar de alguns dos dispositivos estarem disponíveis apenas consoante o acabamento ou em opção. Seja como for, o equipamento-base em todas as versões inclui alerta de mudança de faixa, assistente de arranque em subidas e limitador de velocidade, bem como luzes automáticas, computador de bordo e rádio com Bluetooth.

Outras ajudas como a visão traseira, o controlo de velocidade adaptativo e a assistência à pré-colisão com alerta de distância, entre outros, dependem do nível de equipamento ou são parte de "packs" opcionais, caso dos máximos automáticos e do estacionamento automático.

O novo Fiesta também oferece o avançado sistema de comunicação e entretenimento SYNC 3, compatível com Apple CarPlay e Android Auto, permitindo ao condutor controlar do rádio à navegação, bem como conectar smartphones através do ecrã táctil de 6,5 ou 8 polegadas, consoante a versão.

O interior, onde o número de botões na consola foi reduzido a quase metade, denota evolução na qualidade dos materiais e acabamentos, traduzidos em quatro níveis distintos - Business (base), Titanium, ST Line e Vignale.

Quanto a motores, a oferta a gasolina vai do quatro cilindros de 1.1 litros, de 70 e 85 cv (caixa manual de cinco velocidades), ao tricilíndrico turbo de 1.0 litros com potências de 100 e 125 cv, a que se juntará antes do final do ano uma versão de 140 cv. A alternativa é o turbodiesel 1.5 TDCi, para já com 85 cv, mas mais tarde numa versão de 120 cv. Todas as outras variantes vêm associadas a caixas manuais de seis velocidades.

Um dos aspectos em que a Ford sempre se afirmou foi no dinamismo dos seus modelos e esta sexta geração do Fiesta não foge à regra, ao destacar-se pela condução divertida e ágil que proporciona e pela confiança e segurança que transmite ao condutor, permitindo inclusive desfrutar ao volante sem renunciar, por isso, ao conforto próprio de um modelo da sua categoria.


Destaques

A versão Active, que se distingue pela sua aparência 'crossover' (foto abaixo), está prometida para o início de 2018.

Novos motores e acabamentos

O Fiesta já está disponível nos níveis de acabamento Business e Titanium, mas em Setembro chegam novas variantes - a desportiva ST Line e a mais luxuosa Vignale -, e dois motores mais potentes, o turbo a gasolina 1.0 EcoBoost, de 140 cv, e o turbodiesel 1.5 TDCi, de 120 cv.

Sistema de som Bang & Olufsen

Os apreciadores de música ficarão, por certo, rendidos à qualidade áudio do sistema B&O Play, que pode equipar o Fiesta. Composto por 10 altifalantes, inclui um 'subwoofer' na bagageira, um altifalante de médias frequências no painel de bordo e um amplificador de 675 watts de potência.


Negócios em Valladolid, a convite da Ford






A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub