Automóveis Honda Civic: Raça japonesa

Honda Civic: Raça japonesa

40 anos de história, 10 gerações, 100 milhões de unidades: o Civic é a estrela da Honda. Mais agressivo e desportivo, o novo cinco portas chega este mês ao mercado.
Adriano Oliveira 11 de março de 2017 às 12:00
Características

31.710€

Honda Civic 1.5 VTEC Turbo Sport 5p

Motor: dianteiro transversal, gasolina, alumínio, 4 cilindros em linha, 16 válvulas, injecção directa, turbo, intercooler, "start/stop"
Cilindrada: 1.498 cc
Potência: 182 cv às 5.500 rpm
Binário: 240 Nm (1.900-5.000 rpm)
Velocidade máxima: 220 km/h
Aceleração: 8,2s 0-100 km/h
Tracção: dianteira
Transmissão: manual 6 velocidades
Consumo misto: 5,8l/100km
Consumo urbano: 7,4l/100km
Cons. extra-urbano: 4,9l/100km
Emissões CO2: 133 g/km (Euro VI)

Outras versões a gasolina:
- Tricilíndrico 1.0 VTEC Turbo 129cv, a partir de 23.300€
- 1.5 VTEC Turbo 182cv
Sport Plus - 33.710€
Prestige - 34.710€
Opção: caixa CVT 1.300€


O novo Honda Civic, décima geração do modelo, que acaba de ser lançado no mercado, muda tudo ou quase tudo. Em especial, a nível estético. Linhas desportivas, aspecto mais jovem e agressivo, a estrela da marca japonesa está longe de se identificar com os seus antecessores dos anos 70. E ainda bem!

Maior, mais largo e apenas mais baixo (20 mm), com uma distância entre eixos de mais 30 cm, que favorece a habitabilidade, o novo Civic 5 portas regista uma evolução em todos os aspectos: espaço, qualidade, tecnologia e motores.

Concebido a partir de uma plataforma totalmente nova, preparada já para alojar as baterias de uma futura versão híbrida, o Civic ganhou também em comportamento dinâmico, como confirmamos nas estradas da região de Barcelona.

O baixo peso da carroçaria, a sua maior rigidez, o baixo centro de gravidade (-10 mm) e as novas suspensões do Civic contribuem, no seu conjunto, para uma experiência de condução mais envolvente e divertida. Uma experiência mais ou menos reforçada, consoante as motorizações utilizadas.

No topo da escala, está o 1.5 VTEC Turbo de quatro cilindros a gasolina, que oferece desempenhos desportivos, substancialmente melhores - na potência e no binário - em relação à anterior versão de 1.8 litros. A potência máxima é de 182 cv às 5.500 rpm com caixa manual de seis velocidades (ou às 6.000 rpm com CVT).

O Civic estreia ainda o tricilíndrico 1.0 VTEC Turbo de 129 cv, mais eficiente embora de carácter menos desportivo, mas com uma condução muito agradável para o dia-a-dia, graças ao maior binário a baixa e média rotação. Os 200 Nm de binário máximo da versão com caixa manual de seis velocidades aparecem às 2.250 rpm; os 180 Nm da versão CVT estão disponíveis entre as 1.700 e as 4.500 rpm.

Em Maio será lançada a variante Civic de quatro portas com as mesmas motorizações a gasolina. O 4 e 5 portas com o bloco 1.6 a gasóleo só chegarão no final do ano.

O habitáculo acompanha as linhas modernas do Civic, com um reforço da qualidade dos materiais e acabamentos e um aumento do espaço em benefício de todos os ocupantes. O espaço na bagageira soma os 478 litros.

Tecnologicamente, toda a gama Civic oferece os mais recentes sistemas de segurança activa e passiva. O novo Civic recebe também a segunda geração do equipamento de entretenimento e conectividade Honda Connect.

Negócios em Barcelona, a convite da Honda


Destaques

O Peugeot 3008 foi eleito "Car of the Year 2017". Votaram 59 jornalistas de 23 países do espaço europeu.


Smart eléctrico: 160 km de autonomia

A Smart acaba de apresentar em Toulouse (França) a quarta geração dos modelos fortwo e forfour eléctricos, que chegam a Portugal este Verão. Com uma autonomia de 160 km, os novos Smart custam 22.500€ (fortwo coupé), 23.400€ (forfour) e 24.900€ (fortwo cabrio).



SEAT Leon Cupra: 300 cv de potência

Com 300 cv de potência, o novo Leon Cupra é o modelo mais potente da marca espanhola para utilização em estrada. Substitui o anterior Cupra, lançado em 2014. Está à venda nas variantes de 5 portas (desde 45.629€), SC 3 portas (desde 45.078€) e ST - Carrinha (desde 48.779€).





A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub