Automóveis Kia Rio: Conquistador

Kia Rio: Conquistador

A quarta geração do Kia Rio chega em Março. Novo design, boa habitabilidade, novo motor e dinâmica reforçada são fortes argumentos de conquista no segmento.
Adriano Oliveira 25 de fevereiro de 2017 às 15:05
Características

19.300€

Kia Rio 1.0 T-GDI Turbo nível TX

Motor: dianteiro transversal, gasolina, alumínio, 3 cilindros em linha, 12 válvulas, injecção directa, turbo, intercooler, "start/stop"
Cilindrada: 998 cc
Potência: 100 cv às 4.500 rpm
Binário: 172 Nm (1.500-4.000 rpm)
Velocidade máxima: 188 km/h
Aceleração: 10,7s 0-100 km/h
Tracção: dianteira
Transmissão: manual 5 velocidades
Consumo misto: 4,3l/100km
Consumo urbano: 5,1l/100km
Cons. extra-urbano: 3,9l/100km
Emissões CO2: 99 g/km (Euro VI)

Outras versões:

Gasolina
- 1.2 CVVT 84 cv desde15.600€
Gasóleo
- 1.4 CRDI 77 cv desde 19.500€
- 1.4 CRDI 90 cv desde 21.980€


Com 2.5 milhões de unidades vendidas à escala global desde 2000, o utilitário Kia Rio é um dos campeões de vendas da marca sul-coreana.

Em 2016, dos 450 mil Kia Rio comercializados no mundo, 68 mil vieram para a Europa, onde se inclui Portugal. Actualmente, o utilitário Rio representa 35% das vendas da marca no nosso mercado que, segundo a marca, deverão continuar a crescer, apesar da forte concorrência no segmento (B) onde se insere. As expectativas para 2017 apontam para os 2.100 veículos, que compara aos 1.725 vendidos no período homólogo.

Elegante, com linhas mais europeias, maior, mais espaçoso, bem equipado e com uma boa relação preço/qualidade, não faltam ao Kia Rio, na verdade, os argumentos que o colocam a par dos principais líderes no mercado.

Apresentada recentemente na região de Lisboa à imprensa da especialidade, a nova geração Rio começa a ser comercializada no nosso país em Março, onde chega com a maior gama de sempre: quatro motores e quatro níveis de equipamento (LX, SX, EX e TX).

Comuns aos quatro patamares de acabamento são: ligação USB, Bluetooth, ar condicionado, "cruise control" com limitador de velocidade, sensor de luz, ajuste do banco do condutor em altura ou computador de bordo, entre outros. Nos níveis intermédios, é possível aceder a sistema de navegação com ecrã táctil de 7 polegadas, câmara de estacionamento traseiro, para além das luzes diurnas em LED e faróis direccionais. Em opção, a marca propõe o pacote "Safety" que inclui a travagem autónoma de emergência, a manutenção em faixa e a informação de limite de velocidade.

Nas motorizações, ao já existente propulsor atmosférico a gasolina 1.25 de 84 cv, a Kia junta mais três opções, entre as quais se destaca o gasolina tricilíndrico turbo 1.0 com 100 cv, já utilizado no cee'd. A gasóleo, o Kia Rio monta o 1.4 CRDI com dois níveis de potência, 77 e 90cv. Todos estão dotados de série com o sistema Kia Idle Stop & Go e vêm acoplados a caixas manuais de 5 e 6 velocidades, para os gasolina e gasóleo, respectivamente.

Com um comportamento estradista assinalável, resultado das várias afinações no chassis, suspensões e direcção, o novo Rio é prático, confortável e muito agradável de conduzir.

Os preços começam nos 15.600 euros, para a versão 1.2 LX, culminando nos 22.830 euros para a versão 1.4 CRDi TX de 90cv. É acompanhado de uma garantia Kia de 7 anos ou 150.000 km.



A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub