Automóveis Opel Insignia Grand Sport: Evolução “premium”

Opel Insignia Grand Sport: Evolução “premium”

O novo Opel Insignia evidencia um salto qualitativo assinalável em termos de “design”, dinâmica, materiais e equipamento, que o posicionam junto das marcas “premium”.
Adriano Oliveira 22 de abril de 2017 às 16:00
Características

35.880€

Grand Sport 1.5 Turbo 165cv

Motor: dianteiro transversal, gasolina, alumínio, 4 cilindros em linha, 16 válvulas, injecção directa, turbo, intercooler, "start/stop"
Cilindrada: 1.490 cc
Potência: 165 cv
Binário: 250 Nm (2.000-4.500 rpm)
Velocidade máxima: 218 km/h
Aceleração: 9,4s 0-100 km/h
Transmissão: auto 6 velocidades
Consumo misto: 6,1l/100km
Consumo urbano: 7,5l/100km
Cons. extra-urbano: 5,3l/100km
Emissões CO2: 138 g/km (Euro VI)

Outros preços:
- Gama a gasolina: desde 28.680€
- Gama a gasóleo: desde 30.980€
Campanha até início de Julho:
- Oferta de 1.000 euros em equipamento, manutenção grátis 5 anos (ou 75.000 km), e garantia mecânica e de assistência em viagem até 5 anos (ou 75.000 km).


Chegou ao fim a carreira da bem-sucedida primeira geração Opel Insignia. Viva o novo Insignia Grand Sport, que desembarca no mercado nacional em Julho próximo! Mais coisa menos coisa, nove anos após o arranque da comercialização (em 2008), e 940 mil unidades vendidas! Um sucesso que a marca deseja agora repetir.

Para isso conta com uma nova geração do Insignia, melhor em todos os aspectos. "Design" renovado e mais consensual, habitáculo - ainda - mais espaçoso, materiais e acabamentos de qualidade, lista extensa de equipamentos e novas tecnologias de série, motorizações modernas e eficientes e conforto e comportamento dinâmico assinaláveis. Objectivo: posicionamento do Insignia junto das marcas "premium" a preços competitivos.

Em comparação com o seu antecessor, o novo Opel Insignia Grand Sport apresenta uma imagem mais esguia e aerodinâmica (Cx0.26), perfil grande "coupé", que o fabricante diz ter sido inspirado no protótipo Monza Coupé.

As dimensões aumentaram 5,5 cm no comprimento (4,9 m) e a distância entre eixos 9,2 cm, que se traduziram em mais espaço no interior, tanto para passageiros como em capacidade de carga, que varia entre os 490 e os 1.450 litros.

Apesar da maior volumetria, o novo Insignia consegue ser mais leve 59 quilos, graças à sua construção com base na plataforma E2 da GM.

Mecanicamente, a Opel aposta num novo bloco a gasolina 1.5 Turbo de quatro cilindros, declinado em duas variantes de potência (140 e 165 cv), e que pode ser acoplado a uma caixa automática, na versão mais potente. Para os mais exigentes, um topo de gama é proposto sob a forma de quatro cilindros de 2.0 litros Turbo de 260 cv, exclusivamente associado a uma transmissão integral do tipo "Twinster", que substitui o diferencial traseiro por duas embraiagens, e com vectorização de binário.

A gasóleo, a gama compreende três níveis de potência: 1.6 CDTi de 110 e 136 cv (com caixa automática opcional de oito velocidades no último caso) e o 2.0 CDTi de 170 cv, apenas com caixa manual de seis relações e tracção integral.

Da longa lista de equipamentos, de série ou opcionais, destaque para os bancos ergonómicos que podem ser aquecidos, ventilados e com massagens. A extensa lista inclui ainda conectividade Apple e Android, "hotspot" WiFi, carregador de telemóveis por indução e "On Star" com novos serviços (pesquisa de estacionamento e/ou quarto de hotel).

Negócios em Frankfurt, a convite da Opel


Destaques

Chegam só em Julho, mas os novos Insignia Grand Sport e Sports Tourer já podem ser encomendados.

Habitáculo de superior qualidade
A qualidade é factor de destaque no interior do novo Insignia. Moderno e requintado, materiais de qualidade, posição de condução mais baixa, acabamentos cuidados, nova iluminação e instrumentação completa, o Insignia Grand Sport destaca-se também pelo espaço disponível.


Maior capacidade de carga
A variante familiar do novo Insignia, a Sports Tourer, chega também em Julho, ao mesmo tempo da variante berlina de cinco portas. Os preços começam nos 30.030€ para as variantes a gasolina e nos 41.330 € para as motorizações a gasóleo. A bagageira varia entre os 560 e 1.665 litros.






A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub