Weekend Alfredo Marvão Pereira: "Vítor Gaspar tinha imensa sensibilidade social"
Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE

Alfredo Marvão Pereira: "Vítor Gaspar tinha imensa sensibilidade social"

Alfredo Marvão Pereira é economista. Um dos seus objectos de estudo é o investimento público. Saiu de Portugal há muito. Olha-nos com optimismo. Há um ano participou na elaboração da lei da fiscalidade verde – hoje confessa a sua decepção. Ao contrário da maior parte das pessoas, não tem um “ataque cardíaco” quando ouve falar de PPP. Pelo contrário.
Alfredo Marvão Pereira: "Vítor Gaspar tinha imensa sensibilidade social"
Miguel Baltazar/Negócios

Chegámos a um ponto em que o direito adquirido pode ser de um egoísmo atroz. Alfredo Marvão Pereira é economista. Um dos seus objectos de estudo é o investimento público. É professor do departamento

)

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais



A sua opinião8
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado ljfd 19.06.2015

Excelente, vejamos um exemplo, gastamos dinheiro a construir auto estradas, gastamos dinheiro com o sistema de portagens e como depois é tão caro andar nelas que não as utilizamos.
Não seria muito mais racional, termos uma percentagem dos impostos sobre os combustíveis diretamente destinado à construção/conservação das auto estradas?

comentários mais recentes
Pedro 25.06.2015

Meu, 50% do preço do gasoleo são impostos e na Gasolina ainda é pior, são 60%. Querem ainda mais impostos? Masestá tudo doido!?

Anónimo 20.06.2015

podiam ser boas

mas foram mais um esquema para viver de rendas

Anónimo 20.06.2015

as PPP são uma porta para a corrupção, esbanjamento e para o disparate.

a experiencia nacional explica isso bem. Informe-se bem antes de dizer asneiras.

Grande verdade 19.06.2015

Esta é que é uma grande verdade.

ver mais comentários
Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub
Saber mais e Alertas
pub
pub
pub