Weekend Alta relojoaria: Em louvor do Ano Novo chinês

Alta relojoaria: Em louvor do Ano Novo chinês

O novo Luminor 1950 Sealand 3 Days Automatic Acciaio, da Panerai, é dedicado ao Ano do Galo que, no Zodíaco Chinês, simboliza a virtude da perseverança.
Alta relojoaria: Em louvor do Ano Novo chinês
Fernando Sobral 21 de janeiro de 2017 às 14:00
O ano novo chinês começa a 28 de Janeiro e, como é hábito nesta altura, surgem algumas edições relativas ao acontecimento. É o caso do novo Luminor 1950 Sealand 3 Days Automatic Acciaio da Panerai, dedicado ao Ano do Galo. Trata-se de uma obra de arte, onde a mecânica se alia à estética. Isso é visível nas gravuras executadas à mão pelos mestres artesãos italianos que decoram o Luminor 1950 Sealand 3 Days Automatic Acciaio - 44mm.

O novo relógio é a nona criação desta série lançada pela Officine Panerai em 2009, em homenagem à tradição do Zodíaco Chinês. Depois dos relógios dedicados ao Boi, ao Tigre, ao Coelho, ao Dragão, à Cobra, ao Cavalo, à Cabra e ao Macaco, o novo Luminor 1950 Sealand dá as boas-vindas ao Ano do Galo.

O Galo, recorde-se, é um dos mais energéticos e determinados signos do zodíaco chinês, simbolizando a virtude da perseverança. Cada um dos 99 relógios produzidos para esta edição especial foram ornamentados pela mão dos melhores mestres italianos de gravuras recorrendo à antiga técnica de "sparsello", adoptando o nome da ferramenta especial usada para decorar a tampa. Fazem-se primeiro umas ranhuras no aço, antes de as incrustar com múltiplas camadas paralelas de ouro, estas são depois batidas até preencherem totalmente as ranhuras que, unidas, formam os contornos do Galo e a decoração sofisticada. O trabalho exige uma habilidade extraordinária por parte dos artesãos, pois o processo de incrustação do ouro é feito na tampa que já foi gravada e polida, portanto o mínimo erro pode danificar o trabalho efectuado anteriormente.

A tampa gravada protege o mostrador cinzento, simples e de fácil legibilidade, com números arábicos, marcadores lineares de hora e pontos luminosos, um pequeno mostrador dos segundos às 9 horas e a data às 3 horas. A tampa tem um pequeno espelho de sinalização no fundo e vem equipado com a caixa do Luminor 1950, de 44 mm de diâmetro, que é feita em aço inoxidável escovado.

O movimento do novo relógio é o calibre automático P.9000, inteiramente produzido pela Manufactura da Panerai, em Neuchâtel. O movimento tem uma reserva de marcha de três dias e vem equipado com uma massa oscilante bidireccional e com o dispositivo de ajuste rápido do ponteiro das horas, que altera automaticamente a data.




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub
pub
pub
pub