Weekend Alta relojoaria: O tempo dos oceanos

Alta relojoaria: O tempo dos oceanos

Agora que comemora 110 anos, a Montblanc associou-se à Torres Joalheiros para apresentar a colecção 4810, que celebra a idade de ouro das viagens marítimas atlânticas.
Alta relojoaria: O tempo dos oceanos
Fernando Sobral 26 de Novembro de 2016 às 14:00
A Montblanc fez da escrita a arte da elegância. E os seus relógios seguem a mesma rota. Agora que comemora 110 anos, a marca associou-se em Portugal à Torres Joalheiros para apresentar a colecção 4810, que celebra a idade de ouro das viagens marítimas atlânticas. Trata-se de uma linha que foi apresentada pela primeira vez em 2006, quando se comemorou o centenário da Montblanc, mas rapidamente o seu sucesso pediu a continuação da saga. Agora, respeitando a memória, a linha surge com uma nova interpretação das suas origens. Após o lançamento do Montblanc Heritage Orbis Terrarum em 2015, a marca apresenta agora esta função contemporânea, o "world timer" na sua colecção 4810. Orbis Terrarum traduz-se do latim como "planeta" "Terra" e "mundo".

Este relógio dá o tempo em 24 fusos horários de forma inteligentemente intuitiva, através de uma das complicações desenvolvida "in-house" por relojoeiros Montblanc. O mostrador é feito de camadas múltiplas, começando com um disco de vidro de safira principal que mostra os continentes como são vistos do Polo Norte e os nomes de 24 cidades que representam os diferentes fusos horários. Os continentes são recortados do resto do disco, mostrando os oceanos em azul claro. Um segundo disco de cristal de safira indica a passagem de dia e de noite. Este disco também inclui o anel de 24 horas indicando as horas diferentes nas 24 cidades.

Para ajustar o tempo, a cidade local precisa primeiro de posicionar-se junto ao triângulo vermelho às 6 horas, através do botão das 8h. Em seguida, as horas e minutos (que estão sempre ligados ao fuso horário disco de dia/noite de 24horas) podem ser ajustados através da coroa para indicar a hora local correcta. Após isso concluído, o tempo em 24 fusos horários é exibido simultaneamente em torno da esfera. Quando viajar para outro fuso horário, a nova cidade de destino só terá de ser alinhada às 6 horas. Esta configuração é realizada novamente através do botão das 8h, que muda automaticamente o ponteiro das horas, continentes, cidades, o registo de dia/noite e 24 fusos horários junto com ele.

O ponteiro das horas salta em intervalos de uma hora sem afectar a precisão dos minutos. Após este simples ajuste ser realizado, a hora local do novo destino e 24 fusos horários, são totalmente sincronizados. Este Montblanc 4810 Orbis Terrarum surge numa caixa de aço de 43 mm para uma altura total de 11,87 mm, resistentes à água até 50 metros e asas arredondadas elegantes para maior conforto no pulso. Disponíveis dentro deste universo 4810 surgem o Montblanc ExoTourbillon Slim, com 30.6mm de diâmetro, o 4810 ExoTourbillon Slim 110 Years Edition América do Norte, e o 4810 TwinFly Chronograph 110 Years Edition. No âmbito deste aniversário, realce também para uma aposta forte da Montblanc: o Collection Villeret Tourbillon Cylindrique Geosphères Vasco da Gama, dedicado ao célebre navegador português.





A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub
pub
pub
pub