Automóveis Kia Stinger: Míssil sul-coreano

Kia Stinger: Míssil sul-coreano

Chama-se Kia Stinger e é o primeiro míssil sul-coreano contra o segmento das grandes berlinas "premium" alemãs.
A carregar o vídeo ...
Adriano Oliveira 04 de novembro de 2017 às 16:00
€80.150*

KIA stinger 3.3 T-GDI gt 4x4

Motor: dianteiro longitudinal, gasolina, 6 cilindros em V, 24 válvulas, alumínio, injecção directa, turbo, intercooler, 'start/stop'.
Cilindrada: 3.342 cc.
Potência máxima: 375 cv às 6.000 rpm.
Binário máximo: 510 Nm às 1.300-4.500 rpm.
Velocidade máx.: 270 km/h.
Aceleração máx.: 4,9s 0-100 km/h.
Tracção: total.
Transmissão: auto 8 velocidades.
Consumo médio: 10,6l/100 km.
Emissões CO2: 244 g/km (Euro VI)

*Inclui desconto de 8.000€


Com o novo Stinger, o construtor sul-coreano Kia faz a sua primeira entrada no universo das grandes berlinas desportivas, tendo como alvo as rivais alemãs.

Inspirado no protótipo GT4 Stinger, revelado no Salão Automóvel de Detroit, nos EUA, em 2014, o Kia Stinger de produção que agora chega a Portugal foi concebido no centro de design alemão da marca, sob direcção do designer francês Gregory Guillaume, e a sua dinâmica aperfeiçoada em Nürburgring. A plataforma é a do Hyundai Genesis.

Símbolo de evolução da gama da Kia, por natureza um construtor generalista, o Stinger mede 4,38 metros de comprimento e distingue-se pela carroçaria berlina coupé de quatro portas com um estilo extraordinário. Desde a frente, com um capot alongado e um pára-choques volumoso com tomadas de ar laterais, passando pelos flancos esculpidos e a traseira muito desportiva, com duplas ponteiras de escape, o conjunto evoca velocidade e emoção.

O interior é igualmente notável em termos de design, materiais e equipamento. A longa distância entre eixos proporciona um habitáculo espaçoso onde cinco ocupantes adultos podem viajar confortavelmente. A bagageira tem uma capacidade de 405 litros.

O Stinger está disponível no mercado nacional com três motores de potências compreendidas entre 200 e 370 cv: um 2.0 litros turbo a gasolina, um V6 de 3.3 litros 'twin-turbo' (dois turbocompressores) e um turbodiesel de 2.2 litros. Todos têm acoplado caixa automática de 8 velocidades com comandos no volante e podem dispor de tracção traseira ou total.

O turbodiesel de 2.2 litros de debitar 200 cv deverá ser o responsável pela maioria das vendas.

Com preços entre os 55. 650 e os 80.150 euros, valores que incluem a campanha de lançamento promovida pela Kia Portugal, o Stinger está disponível nos níveis de acabamento GT-Line e, no topo, GT. O equipamento de série inclui, entre outros, bancos desportivos em pele com regulação eléctrica, sistema de som Harman Kardon, navegação, faróis full LED com assistente de máximos, câmara de auxílio ao estacionamento 360º, chave inteligente e Drive Mode Select (que ajusta parâmetros dinâmicos da condução). Ao nível da segurança, o Kia Stinger dispõe das mais recentes tecnologias da marca, como a travagem autónoma de emergência e o sistema de alerta para a fadiga do condutor.





A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub