Automóveis Niro PHEV: Ofensiva ecológica

Niro PHEV: Ofensiva ecológica

A Kia reforça a sua ofensiva ecológica com o lançamento de dois novos ‘plug-in’ híbridos recarregáveis: o ‘crossover’ Niro e a carrinha Optima.
Adriano Oliveira 21 de outubro de 2017 às 16:00
37.240€*

Kia Niro PHEV

Potência combinada: 141 cv.
Motor/combustão: gasolina, 4 cil., 16 vál., injecção directa.
Cilindrada: 1.580 cc.
Potência: 105 cv às 5.700 rpm.
Binário: 147 Nm às 4.000 rpm.
Motor/eléctrico: 61 cv/170 Nm.
Velocidade máxima: 172 km/h.
Aceleração: 10,8s dos 0-100 km/h.
Tracção: dianteira.
Transmissão: auto 6 vel.
Consumo médio: 1,3l/100km.
Emissões CO2: 29 g/km (Euro VI).
Autonomia eléctrica: 58 km.

* Inclui desconto de 2.500€ de campanha de lançamento.


A Kia acaba de lançar dois novos modelos PHEV "plug-in" híbridos recarregáveis, reforçando a aposta nas motorizações ecológicas em Portugal, que beneficiam de vantagens fiscais,

O Kia Niro PHEV e o Kia Optima Sportswagon PHEV são as duas novas versões "amigas do ambiente" que se juntam à gama do fabricante sul-coreano disponível no nosso país, e onde já pontificam a berlina Optima Plug-in Hybrid, o Niro Hybrid e o Soul EV.

No caso do Kia Niro PHEV, o modelo tem por base o Niro clássico, que foi concebido de raiz como um veículo híbrido. Linhas modernas e atraentes, destaca-se pela versatilidade e eficiência. Fácil de conduzir e manobrar, oferece uma autonomia em modo totalmente eléctrico de cerca de 52 km, consoante a condução.

O Niro PHEV monta uma bateria de polímeros de iões de lítio da alta capacidade com 8,9 kWh. Esta bateria está associada a um motor eléctrico de 44,5 kWh, ou seja, 61 cv, que é quase 40% mais potente do que a do modelo híbrido clássico lançado o ano passado (32 kWh/43,5 cv). O tempo estimado de carregamento é de cerca de 2h15m (recarga rápida 240v/32A) e 5h25m (recarga lenta 230v/8A), dependendo do tipo de instalação e no caso de uma recarga completa da bateria a efectuar.

Bateria e o motor eléctrico estão, por sua vez, acoplados a um motor de combustão a gasolina de quatro cilindros de 1.6 litros, que debita 105 cv e um binário de 147 Nm. A potência combinada do sistema é de 141cv e 265Nm, o que permite ao novo Niro cumprir em 10,8 segundos os tradicionais 0 aos 100km/h. O conjunto está associado a uma caixa de dupla embraiagem DCT de seis velocidades, a mesma que o Niro Hybrid. Em matéria de emissões de CO2, o construtor anuncia 29 g/km, ou seja, três vezes menos que o Niro Hybrid (88 g/km).

De série, o novo modelo vem equipado com bancos em tecido e pele, sistema de navegação com monitor de sete polegadas, Bluetooth, carregador de telefone por indução, câmara traseira de auxílio do estacionamento, sensores de chuva, chave inteligente, ajuste eléctrico e lombar do banco do condutor, entre muitos outros.

Em opção está ainda disponível, o pacote segurança com travagem de emergência, "cruise control" adaptativo, detector de ângulo morto e alerta de tráfego à retaguarda.





A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
Saber mais e Alertas
pub