Automóveis Nissan Leaf: Edição especial limitada 2.Zero

Nissan Leaf: Edição especial limitada 2.Zero

A marca japonesa avançou com uma edição especial limitada que designou por Leaf 2.Zero e que está disponível para encomenda na rede de concessionários.
Adriano Oliveira 04 de novembro de 2017 às 16:15
€34.950

Nissan Leaf 2.Zero

Motor: eléctrico, dianteiro transversal.
Potência máxima: 150 cv (9.795 rpm).
Binário máximo: 320 Nm (3.283 rpm).
Bateria: iões de lítio, 40 kWh.
Tempo de carga:
tomada normal 16 horas;
wallbox ou postos públicos 8 horas;
posto público rápido 40 minutos.
Velocidade máx.: 144 km/h.
Aceleração máx.: 8,0s 0-100 km/h.
Tracção: dianteira.
Transmissão: automática.
Autonomia: 378 km.


Enquanto não chega a tão esperada segunda geração do Nissan Leaf, a marca japonesa avançou com uma edição especial limitada que designou por Leaf 2.Zero e que está disponível para encomenda na rede de concessionários por 34.950 euros. As primeiras entregas desta edição especial só acontecerão no início de 2018.

O Leaf 2.Zero terá um nível de equipamento muito reforçado incluindo o sistema ProPilot, que consegue comandar o carro de forma autónoma entre os 30 e os 100 km/h. O novo Leaf conta ainda com carregamento rápido e semi-rápido, o e-Pedal, que gera um efeito regenerador tão acentuado que consegue travar o carro sem carregar no travão, basta tirar o pé do acelerador.

O equipamento da edição 2.Zero inclui, também, câmara de 360º com detecção de pessoas e objectos, NissanConnect EV com Apple Car Play ou Android Auto e telemetria, entre outros.

O novo Leaf é sensivelmente igual ao primeiro mas tem uma capacidade energética muito superior: 40 kWh contra 30 kWh das actuais versões. O motor passou dos 109 para os 150cv e 320 Nm de binário e a marca anuncia uma autonomia de 378 km (250 km em utilização normal). A bateria carrega 80% em 40 minutos num posto rápido.





A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar