Automóveis Nissan X Trail: Revisão geral

Nissan X Trail: Revisão geral

A Nissan decalcou no X-Trail as recentes actualizações do seu “irmão” mais pequeno Qashqai: design exterior revigorado, habitáculo melhorado e capacidade de condução autónoma.
Adriano Oliveira 02 de setembro de 2017 às 14:00
Características

46.075€

Nissan X-trail 2.0 DCI 177cv Xtronic 4wd Tekna

Motor: dianteiro transversal, ferro/alumínio, gasóleo, 4 cilindros em linha, 16 válvulas, injecção directa, turbo, geometria variável, "intercooler", sistema "start/stop".
Cilindrada: 1.995 cc.
Potência máxima: 177 cv às 3.750 rpm.
Binário máximo: 380 Nm às 2.000 rpm.
Velocidade máxima: 196 km/h.
Aceleração: 10,0s 0-100 km/h.
Tracção: total. Transmissão: automática Xtronic.
Consumos:
misto 6,1l/100 km;
urbano 6,5l/100 km;
extra-urbano 5,9l/100 km.
Emissões CO2: 162 g/km (Euro VI).
Lançamento: Já à venda

Com a concorrência a aumentar no segmento dos utilitários desportivos, a Nissan aproveitou a recente actualização do seu "crossover" urbano Qashqai, que noticiámos na anterior edição, para pôr em dia a sua proposta mais aventureira no mercado, o X-Trail.

O SUV da Nissan, que já está à venda no nosso país com preços entre os 36.175 e os 48.275 euros, mantém todos os atributos do anterior, sobretudo em matéria de versatilidade, ao oferecer cinco ou sete lugares à escolha e uma capacidade de carga variável entre os 445 e os 1.996 litros, com os bancos rebatidos. As versões equipadas com portão eléctrico da bagageira têm agora uma nova funcionalidade mãos-livres.

Pouco maior no comprimento do que o seu antecessor, o novo X-Trail evolui no design exterior ao adoptar uma nova grelha em "V", mais larga e mais marcante, e novas ópticas, totalmente LED de série na versão de topo Tekna e de halogénio nos níveis de Acenta e N-Connecta (LED opcional). Os modelos com lâmpadas de LED contam agora com um sistema de iluminação dianteira adaptativo, que acompanha a curva de forma dinâmica conferindo melhor visibilidade.

Outras alterações estéticas incidiram nos pára-choques, atrás e à frente, no formato dos faróis de nevoeiro, na colocação dos sensores de estacionamento e nos farolins traseiros, que adoptam também a tecnologia LED. Novidades ainda na vista de perfil da versão Tekna, que recebe um friso lateral cromado ao longo da base das duas portas, no design das jantes e nas cores de carroçaria.

No habitáculo, o X-Trail ganhou um aspecto mais luxuoso com materiais e acabamentos de melhor qualidade. Na versão Tekna, os bancos das primeira e segunda filas têm aquecimento e opcionalmente podem ser em pele (500 euros).

Particularmente bem dotado nas ajudas à condução, o X-Trail vê reforçado o equipamento de som na versão Tekna com um novo sistema fornecido pela BOSE.

Sob o capô, nada de novo. O X-Trail está disponível com os motores a gasóleo 1.6 dCi de 130 cv e 2.0 dCi de 177 cv, tracção às duas ou às quatro rodas e transmissão manual ou automática XTronic.

Tal como no Qashqai, os X-Trail equipados com transmissão automática beneficiarão a partir do próximo ano do sistema opcional ProPilot para assistência à condução autónoma em auto-estrada e nos engarrafamentos.

Nos últimos três anos, a Nissan vendeu no mercado nacional 1.450 unidades X-Trail.


Destaques

O Nissan X-Trail foi o SUV mais vendido à escala global em 2016 com um total de 766.729 unidades.

Condução autónoma em 2018

A nova tecnologia ProPilot de assistência à condução autónoma, um opcional que vai equipar o X-Trail em 2018, é baseada no sistema de manutenção na faixa de rodagem, no controlo de velocidade de cruzeiro e no piloto em trânsito. O sistema é activado num botão no volante.

Potencial todo-o-terreno

Além do bom comportamento em estrada, o X-Trail oferece também um grande potencial todo-o-terreno. A transmissão integral tem três modos, um deles automático que, segundo as necessidades, reparte o binário entre os eixos. Nas dificuldades, é só ligar o modo Lock (50/50).


Negócios em Viena, a convite da Nissan





A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar