Automóveis Peugeot 3008: Leão mostra a sua raça

Peugeot 3008: Leão mostra a sua raça

O SUV Peugeot 3008 é um verdadeiro leão ao qual não falta a raça e os argumentos para enfrentar a feroz concorrência e se impor como a nova referência no segmento.
A carregar o vídeo ...
Adriano Oliveira 29 de outubro de 2016 às 15:30
Características

30.650€

Peugeot 3008 Active 1.2 PureTech 130 S&S (entrada de gama)

Motor: dianteiro transversal, gasolina, alumínio, 3 cilindros em linha, 12 válvulas, injecção directa, turbo, intercooler, start/stop
Potência: 130 cv às 5.500 rpm
Binário: 230 Nm às 1.750 rpm
Velocidade máxima: 188 km/h
Aceleração: 10,8 s 0-100 km/h
Tracção: dianteira
Transmissão: manual 6 velocidades
Consumo misto: 5,1l/100 km
Consumo urbano: 6,0l/100 km
Cons. extra-urbano: 4,5l/100 km
Emissões CO2: 117 g/km (Euro VI)

Preços: Gama Diesel
1.6 BlueHDi 120 cv - desde 32.750€
2.0 BlueHDi 150 cv - desde 40.550€
2.0 BlueHDi 180 cv - 44.250€


Mais moderno e elegante, mais bem equipado, tecnologicamente evoluído e, mais importante, com um excelente comportamento estradista, o novo Peugeot 3008 começou esta semana a ser comercializado no mercado nacional. Os preços oscilam entre os 30.650 e os 44.250 euros.

Segunda geração do modelo lançado em 2009, o novo Peugeot 3008 quer ocupar um lugar de destaque no concorrido segmento SUV (utilitários-desportivos), um dos que maior crescimento tem registado no espaço europeu. E argumentos não lhe faltam.

Fabricado em França, na unidade da PSA em Sochaux, o modelo partilha a nova plataforma modular EMP-2, utilizada por outros modelos do Grupo PSA (Peugeot Citroën), como o 308 e o C4 Picasso.

Segundo a Peugeot, o recurso a esta plataforma permitiu aligeirar em cerca de 100 kg o peso do 3008 em comparação ao antecessor. Por outro lado, cresceu nas dimensões.

Com 4,45 metros de comprimento, é 8 cm mais longo, um ganho na distância entre eixos, que totaliza 2675 mm (mais 62 mm do que o modelo anterior), proporcionando mais espaço e habitabilidade interiores. A largura e a altura não apresentam alterações.

Esteticamente, o 3008 abandona as linhas arredondadas do antecessor e adopta uma silhueta mais SUV, imponente e musculada, reforçada por jantes de maior dimensão (18 ou 19 polegadas) e maior distância ao solo (22 cm).

O interior, espaçoso e confortável, destaca-se pela boa qualidade dos materiais e pelo aspecto futurista do painel de bordo, que integra o i-Cockpit, de série em qualquer dos níveis de acabamentos - Active, Allure, GT Line e GT. O ecrã táctil central permite utilizar aplicações de smartphones, que podem ser carregados sem fios. Praticamente, todos os sistemas de segurança e apoio à condução estão presentes.

Sob o capot, o 3008 recebe motorizações já conhecidas e eficientes, como é o caso dos Diesel 1.6 litros de 120 cv e 2.0 litros de 150 e 180 cv. A gasolina, a marca propõe o três cilindros 1.2 de 130 cv, um bloco de funcionamento suave, praticamente sem ruído e com bom desempenho. A caixa automática de seis velocidades está disponível em opção ou de série nos Diesel de 120 e 180 cv.

A tracção é às rodas dianteiras, mas o 3008 pode receber o sistema de controlo de tracção Advanced Grip Control (300€) e uma nova função de ajuda nas descidas mais íngremes.



Destaques

Produzido pela PSA em Sochaux, o novo Peugeot 3008 tem a certificação 'Origine France Garantie'

i-Cockpit - Moderno e mais intuitivo

Desenho mais elaborado e melhor qualidade visual, o novo i-Cockpit digital do 3008, que integra o painel de instrumentos, pode ser configurado com as informações que mais interessem ao condutor. O ecrã central táctil é mais intuitivo, mesmo sem recorrer às teclas das funções.


Sistema Hi-Fi Premium FOCAL

O novo Peugeot 3008 pode receber, em opção, um sistema de som de alta-fidelidade (Hi-Fi) desenvolvido pela francesa FOCAL. O sistema é composto por 10 altifalantes que preenchem o habitáculo com uma sonoridade pura e absolutamente definida. Custa 850€.



Negócios em Bolonha, a convite da Peugeot


A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub