Automóveis SEAT Arona: Mais um bravo sai à arena

SEAT Arona: Mais um bravo sai à arena

A SEAT está em plena ofensiva de produto. Depois do Ateca e do Ibiza, o construtor espanhol entra no segmento da moda, o dos pequenos crossovers compactos urbanos, com o novo Arona.
Adriano Oliveira 28 de outubro de 2017 às 16:00

O Arona é o segundo crossover da SEAT depois do Ateca, que chegou o ano passado aos mercados. Dimensões compactas, linhas elegantes e dinâmicas, bem ao estilo das produções da marca espanhola, o Arona sai agora à arena dos modelos citadinos polivalentes, onde vai enfrentar forte concorrência.

 

Nunca é demais recordar, o Arona posiciona-se bem no coração de um segmento onde as vendas dispararam na Europa, passando de 180 mil veículos para 1.6 milhões entre os anos de 2010 e 2016.

 

Exclusivamente fabricado na SEAT em Martorell, o Arona não esconde a sua filiação estilística com a última geração do Ibiza. As semelhanças saltam à vista, o que é normal, já que ambos partilham a mesma plataforma, a MQB-A0, do grupo Volkswagen. As dimensões são, no entanto, diferentes.

 

Com 4,14 m de comprimento, uma altura de 1,54 m e uma distância ao solo de 19 cm, o Arona é 8 cm maior e 10 cm mais alto que o Ibiza. Não sendo um todo-o-terreno, nem existindo uma versão 4x4, a maior distância ao solo permite ao condutor do Arona aventurar-se com facilidade para fora de estrada.

 

O meio urbano é, no entanto, o seu "habitat" natural. É aí que progride com conforto e agilidade e um comportamento digno de nota. Prático e funcional, é fácil de conduzir e de estacionar. Oferece uma posição de condução elevada e uma visibilidade periférica excepcional, graças à generosidade da sua área envidraçada, argumentos a considerar no momento da escolha. Mas não só.

 

O Arona é também maior que o Ibiza na distância entre eixos, o que se reflecte no habitáculo espaçoso e na capacidade de carga de 400 litros, uma das maiores do segmento.

O interior é agradável, com bons materiais e acabamentos de qualidade e padrões que seguem as tendências de personalização do exterior. O equipamento de segurança e apoio ao condutor está ao nível dos segmentos superiores.

 

Disponível em quatro acabamentos - Reference, Style, FR (mais desportivo) e Xcellence (mais elegante) -, o Arona vai custar em Portugal entre 17.805 aos 26.045 euros.

Na fase de lançamento apenas estão disponíveis motorizações a gasolina: 1.0 TSI de 95 e 115 cv, este último podendo receber uma transmissão DSG 7. No final do ano, a gama Arona a gasolina ganhará um reforço de peso com o novo 1.5 TSI de 150 cv com desactivação de cilindros. Dois Diesel chegarão mais tarde: o 1.6 TDi de 95 e 115cv, este último também com caixa DSG 7 de dupla embraiagem.

A carregar o vídeo ...

Características

SEAT arona 1.0 tsi 115cv dsg STYLE
Preço: 21.820€
Motor: dianteiro transversal, gasolina, 3 cilindros em linha, 12 válvulas, alumínio, injecção directa, turbo, intercooler, 'start/stop'.
Cilindrada: 999 cc.
Potência máxima: 115 cv  (5.000- 5.500 rpm).
Binário máximo: 200 Nm (2.000-3.500 rpm).
Velocidade máxima: 182 km/h.
Aceleração máxima: 10,0s 0-100 km/h.
Tracção: dianteira.
Transmissão: DSG 7 velocidades.
Consumos homologados (jantes 18''): misto 5,0l/100 km; urbano 5,7l/100 km; extra-urbano 4,5l/100 km.
Emissões CO2: 114 g/km.
Lançamento: 6 Novembro 2017

 

Negócios em Barcelona, a convite da SEAT




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
Saber mais e Alertas
pub