Weekend Um relógio em louvor do navio-escola Sagres

Um relógio em louvor do navio-escola Sagres

O mais emblemático navio da marinha portuguesa, o NRP Sagres, fez 80 anos. E a Longines lançou uma edição comemorativa da data.
Um relógio em louvor do navio-escola Sagres
Fernando Sobral 11 de novembro de 2017 às 14:00
O NRP Sagres é um embaixador português nos mares de todo o mundo. Construído há 80 anos, navega com a bandeira portuguesa desde 1962. No contexto da Marinha Portuguesa, é um símbolo da nossa ligação ao mar e, especialmente, à navegação à vela. É também uma escola para os marinheiros de hoje. Não admira que, neste momento em que se celebra o seu 80.º aniversário, tenha sido alvo de justas homenagens.

Uma delas é a que a Longines faz agora, através de uma edição que distingue este embaixador de Portugal. A marca suíça presta tributo a este símbolo da Marinha Portuguesa com uma edição especial, limitada a 80 peças, concebida em exclusivo para o mercado português. Na sequência da sua longa tradição de homenagear datas especiais e símbolos de excelência da História nacional, a Longines assinalou um momento marcante para o navio-escola Sagres que, a 30 de Outubro de 2017, celebrou 80 anos. Com uma história tão rica, o actual navio-escola Sagres já navegou com três bandeiras distintas - da Alemanha, do Brasil e de Portugal.

No verso desta edição especial Longines, encontra-se gravada uma imagem do NRP Sagres, assim como a respectiva numeração de série. Tendo por base o intemporal modelo Flagship Heritage, este relógio encontra-se equipado com um movimento de fabrico suíço (Calibre Longines L609) com autonomia de 42 horas. Destaque ainda para a correia de pele de crocodilo de cor castanha com fivela personalizada Longines.

A história do actual NRP Sagres remonta a 1937, quando foi construído nos estaleiros Blohm & Voss, em Hamburgo, na Alemanha, tendo recebido o nome de Albert Leo Schlageter. No final da II Guerra Mundial, na partilha dos despojos pelos vencedores, o Albert Leo Schlageter foi entregue aos Estados Unidos e, ao fim de três anos, foi cedido à Marinha do Brasil, passando a ostentar o nome de Guanabara.

Nome que permaneceu até 1962, ano em que foi adquirido por Portugal, para substituir o antigo Sagres. Nestes 55 anos ao serviço da Marinha Portuguesa, este navio, com 90 metros de comprimento, percorreu mais de 600.000 milhas e realizou mais de 100.000 horas de navegação, tendo visitado 61 países e atracado em 171 portos estrangeiros.

Uma embaixada itinerante de Portugal, a principal missão do navio-escola Sagres é possibilitar o contacto com a vida no mar aos cadetes da escola naval, os futuros oficiais da Marinha, através de viagens de instrução a bordo do navio. Esta edição especial Flagship Heritage - NRP Sagres 1937-2017 80.º Aniversário da Longines, em aço, tem como calibre o movimento mecânico de corda automático

Calibre L609 (ETA 2895/2). Tem autonomia de 42 horas. Surge numa caixa redonda, com 38,5 mm, em aço. A imagem do NRP Sagres surge gravada no verso da caixa.

Piloto

A marca IWC é bem conhecida no mundo dos coleccionadores por ter produzido peças para entidades como a RAF. E a herança dessa ligação militar acaba por marcar também algumas das colecções da IWC, como é o caso das Big Pilot ou da Pilot Mark XVIII, ambas com fortes influências da aviação. Por isso, de vez em quando, surgem novas propostas nessa área, como é o exemplo deste novo Pilot Mark XVIII Heritage, onde a marca recria o emblemático Pilot Mark XVIII numa caixa de titânio com um mostrador preto e ponteiros azuis revestidos com material luminescente. O relógio apresenta uma bracelete castanha em pele e está equipado com uma caixa interna de ferro macio que mantém o movimento a salvo dos campos magnéticos, e o vidro de safira é especialmente projectado para estar protegido contra quedas súbitas na pressão no "cockpit". Aqui, mais uma vez, voltamos a reencontrar o espírito da aviação militar, típico na caixa e também no tamanho (40 mm) de anteriores edições. Trata-se de mais uma edição que perpetua esta ligação extremamente forte entre a IWC e o universo da aviação. Este novo modelo garante essa memória colectiva.




A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo Há 1 semana

Relogios demasiado caros para aquilo que oferecem.
Não apresentam nada de novo para o que custam.

pub