C-Studio Ações na bolsa, onde começar?
C-Studio i
C- Studio é a marca que representa a área de Conteúdos Patrocinados do Universo
É o local onde as marcas podem contar as suas histórias e experiências.

Ações na bolsa, onde começar?

No que toca a ações na bolsa, a maioria das corretoras oferece acesso a uma grande variedade. Como escolhe as ações certas? Irá depender da sua própria intuição? Ou irá gastar tempo a fazer uma análise bem fundamentada?
Ações na bolsa, onde começar?

Análise fundamental

No que toca a comprar ações na bolsa, existem duas escolas de pensamento sobre o que torna um investimento atrativo. A primeira, análise fundamental, é uma metodologia utilizada para calcular o valor subjacente de uma empresa. Os investidores utilizam valores divulgados publicamente para calcular se uma empresa é um investimento que valha a pena. Uma conta na corretora online DEGIRO irá fornecer uma visão geral destes valores-chave para diversas ações. Um exemplo são os Earnings Per Share (EPS) de uma empresa. O EPS é o valor dos lucros recebidos, dividido pelo número de ações no mercado. Este número pode ser utilizado para criar diferentes indicadores. Um exemplo é o rácio preço-rendimento. Isto é calculado pela divisão do preço da ação pelo EPS.

Este tipo de informação permite a melhor compreensão da saúde financeira e rentabilidade de uma empresa. Não existe necessariamente um valor base para o que é um bom ou mau rácio. Como tal, é por norma melhor rever um período de vários anos de maneira a identificar tendências. Além disso, as avaliações podem variar significativamente entre setores, e é comum contextualizar estes valores comparando com empresas da mesma indústria.

Análise técnica

O segundo método de analisar oportunidades de investimento como ações na bolsa de valores é a análise técnica. Enquanto a análise fundamental considera a informação financeira da empresa e indicadores económicos, a análise técnica de ações utiliza indicadores estatísticos para prever a performance de uma ação nos mercados financeiros. Um exemplo popular é a utilização de médias móveis como um indicador da tendência de preço. As médias móveis têm em consideração uma média histórica para o preço da ação durante um certo período de tempo. Isto ajudará a suavizar as flutuações de preço dia a dia e fornecer uma tendência global mais clara.

No exemplo abaixo, a DEGIRO mostra uma média móvel simples para o preço de uma ação durante um período de um ano. Além do preço diário da ação, vemos uma média móvel a 10 dias a verde, e uma média móvel a 50 dias em vermelho. Como o gráfico abaixo demonstra, quanto mais longo for o período temporal utilizado para a média móvel, mais suave se torna o indicador. Alguns utilizam este método como uma tentativa de prever a tendência do preço de uma ação com base na performance de mercado anterior.

Existem muitas maneiras diferentes de observar informação da performance histórica. Com uma conta DEGIRO, irá ter acesso a gráficos interativos, dando-lhe uma seleção variada de ferramentas que lhe irá permitir fazer a sua própria análise.

Fazer uma escolha

Embora a análise fundamental ou técnica possa alterar a maneira como pensa sobre onde investir, estes métodos não são de todo a única determinante de como deve comprar ações. Existem muitas bolsas diferentes com centenas e até milhares de ações. Poderá preferir investir em empresas que pessoalmente acha que vão ter sucesso, ou que têm um grande potencial de crescimento. Até empresas com que tem estado satisfeito como consumidor ou sobre as quais tem uma opinião positiva podem ser acrescentadas. Deste modo, o seu portefólio torna-se um pouco mais pessoal.

Diversificação

Quando você escolhe ações na bolsa, é também importante ter em consideração se o tipo de ação ajuda a diversificar o seu portefólio. Talvez o mais frequente erro cometido pelos investidores seja não diversificar suficientemente a seleção de ações. De modo a reduzir o risco, é importante diversificar.

Manter um portefólio com apenas um ou dois títulos pode significar que uma queda no preço de um ativo possa fazer com que você perca uma grande parte do valor do portefólio. É importante diversificar porque no caso de uma ação registar uma queda significativa, o total do portefólio em que está inserida estará mais protegido. Imagine que toda a sua carteira de ações consiste numa única ação. Se esta empresa entrar em falência ou o preço cair abruptamente, toda a sua carteira de investimento irá incorrer numa perda substancial. Mas com uma carteira bem diversificada, as perdas de uma posição podem ser compensadas pelos ganhos noutra. Esta é a principal vantagem da diversificação: a diminuição do risco.

Com a diversificação adequada, não é apenas uma questão de escolher múltiplas ações onde investir, mas também considerar outros fatores de mercado que possam afetar os seus retornos. Se você for investir no Facebook, Twitter ou Alphabet, e o setor tecnológico enfrente uma súbita quebra de crescimento, é provável que todo o seu portefólio decresça em valor. Se suplementar o mesmo com ações de bens de consumo, setor farmacêutico ou de construção, poderá limitar a exposição que tem a uma única indústria.

Sobre a DEGIRO

Devido à extraordinária combinação de comissões baixas, uma grande variedade de possibilidades de negociação a nível mundial e uma plataforma amiga do utilizador, a DEGIRO tornou-se uma das maiores corretoras na Europa. Ativa em 18 países europeus e premiada com 57 prémios internacionais, a DEGIRO permite aos investidores de retalho usufruir de uma estrutura de comissões altamente competitiva e uma vasta gama de produtos. A conta DEGIRO oferece acesso a mais de 50 mercados mundiais, em 30 países diferentes.

 

Conteúdo preparado em colaboração com a DEGIRO

Nota: Investir significa um risco de perder o seu dinheiro

Partilhar

Marketing Automation certified by E-GOI