Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Ministro alemão das Finanças exige à Grécia mais esforço reformista

Atenas espera receber esta semana uma missão da 'troika' para uma avaliação aprofundada do novo programa económico do governo. Esta avaliação vai determinar se a Grécia vai receber a prestação do resgate correspondente a Setembro, que é de 31,5 mil milhões de euros.

Lusa 23 de Julho de 2012 às 00:18
  • Partilhar artigo
  • ...
O ministro alemão das Finanças, Wolfgang Schaeuble, afirmou hoje que a Grécia necessita de fazer esforços redobrados para obedecer às condições que os credores internacionais exigiram para atribuir ao país os resgates financeiros.

"Se existem atrasos, a Grécia tem que os compensar", disse Schaeuble, em entrevista ao jornal alemão Bild.

O ministro alemão das Finanças rejeitou fazer estimativas sobre a possibilidade de a Grécia se manter na zona euro e disse que vai esperar pelas conclusões do relatório da 'troika' do Banco Central Europeu, Fundo Monetário Internacional e União Europeia.

"Não me vou adiantar à 'troika'. Quando o relatório da 'troika' estiver pronto, o Eurogrupo vai reunir-se", afirmou, referindo-se ao grupo dos ministros das Finanças dos 17 países membros da zona euro.

O ministro das Finanças da Alemanha frisou ainda que, no seu entender, são poucas as semelhanças entre a Grécia e a Espanha. O Eurogrupo aprovou na sexta-feira o resgate da banca espanhola até um limite de 100 mil milhões de euros.

"As causas das crises nos dois países são completamente diferentes. A economia espanhola é muito mais competitiva e tem uma estrutura diferente. O país vai recuperar rapidamente", considerou Schaeuble.

Na quarta-feira, o ministro grego das Finanças, Yannis Stournaras, admitiu que o país tem ainda "algum trabalho a fazer" para cumprir a redução da despesa em 11,5 mil milhões de euros, tal como a 'troika' exige.

Atenas espera receber esta semana uma missão da 'troika' para uma avaliação aprofundada do novo programa económico do governo. Esta avaliação vai determinar se a Grécia vai receber a prestação do resgate correspondente a Setembro, que é de 31,5 mil milhões de euros.

Ver comentários
Saber mais Schaeuble Alemanha Grécia
Outras Notícias