Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Quem são os avaliadores da troika que estão em Lisboa

Os credores internacionais regressam esta quarta-feira a Lisboa, para mais uma missão de avaliação pós-programa. Subir Lall, Martínez Mongay e Isabel Vansteenkiste. É a eles que o novo Governo vai ter de convencer que tem para 2016 um Orçamento credível e com pés para andar.

Pedro Elias
Filomena Lança filomenalanca@negocios.pt 27 de Janeiro de 2016 às 12:06
  • Assine já 1€/1 mês
  • 16
  • ...

Chegam esta quarta-feira, 27 de Janeiro, numa altura em que é já conhecido o esboço do Orçamento do Estado para 2016 e ficam durante uma semana. Vêm ver como está a correr o período pós-troika e avaliar se a trajectória orçamental segue ou não no bom caminho. Mário Centeno terá cerca de uma semana para os convencer de que não há motivos para alarme.

 

Subir Lall

Foi o chefe de missão enviado pelo FMI que, em 2013, substituiu Abebe Selassie. Doutorado na Universidade de Brown (EUA), tem experiência em economias de perfil muito variado, desde a Coreia do Sul, Malásia, Rússia ou Filipinas. Indiano, nos seus primeiros tempos no FMI acompanhou a crise asiática do final da década de 90 e fez investigação ao nível dos mercados financeiros, incluindo as implicações de grandes crises financeiras na economia real. Desde 2012 que liderava a equipa que, pelo Fundo, acompanhava a Alemanha. Embora fosse, em geral, um apoiante da política económica germânica, foi sempre deixando alguns alertas para a importância e de não exagerarem na austeridade e chamou sempre a atenção para o papel central do país no desenvolvimento de instituições adequadas ao nível da União Europeia.

 


Carlos Martínez Mongay

Vem em representação da Comissão Europeia, onde lidera a direcção-geral de Assuntos Económicos e Financeiros, para a qual foi nomeado em 2014. Tem, aliás, uma carreira de mais de duas décadas junto do executivo comunitário. Desempenhou o cargo de chefe de unidade na Direcção de Assuntos Económicos, onde acompanhou as economias dos vários Estados-Membros e foi chefe de gabinete de Joaquín Almunia, então comissário europeu. Espanhol de 62 anos, foi também consultor de Pedro Solbes, quando este passou pela Comissão. Martínez Mongay é doutorado em Economia pela Universidade do País Basco e foi durante vários anos professor de Econometria da Universidade de Zaragoza. A sua especialidade são os estudos macroeconómicos, em particular no domínio da política fiscal, e é autor de mais de cinquenta estudos e livros sobre economia e política económica.

 

Isabel Vansteenkiste

Desde Fevereiro de 2014 que a economista belga Isabel Vansteenkiste foi designada pelo Banco Central Europeu (BCE) para chefiar a missão em Portugal, onde substituiu o alemão Rasmus Rüffer, assumindo o cargo por altura da 11.ª avaliação da troika, a penúltima antes do fim do resgate. Fez parte da sua vida académica na Katholieke Universiteit Leuven, onde se licenciou em Economia Aplicada, tirou um mestrado em Economia e fez um doutoramento em Economia Internacional, sob supervisão de Paul de Grauwe. Estagiou durante noves no BCE, até Setembro de 2001, começando depois a trabalhar em várias das divisões em Frankfurt. Encontra-se num departamento de acompanhamento às políticas económicas dos países da Zona Euro, mas já esteve, por exemplo, na análise política internacional.

Ver comentários
Saber mais troika Governo Orçamento avaliadores
Mais lidas
Outras Notícias