A carregar o vídeo ...
Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Seguro: Mais tempo para aplicar a mesma política “é um desastre”

O líder do PS criticou a estratégia do Governo, que vai ter mais tempo mas continuar a insistir na política de austeridade. Para Seguro, é um desastre e é altura de mudar de caminho.

Miguel Baltazar
Bruno Simões brunosimoes@negocios.pt 13 de Março de 2013 às 16:28
  • Assine já 1€/1 mês
  • 32
  • ...

“O senhor enganou-se, e nesta bancada não ficámos a espera dos seus resultados, e avisámos que era um erro continuar com mais austeridade”. É por isso que “lhe dão mais tempo. O que seria inteligente neste momento era que abandonasse o seu caminho. Se vai dispor de mais tempo para aplicar a mesma política de austeridade, isso é um desastre”, afirmou Seguro.

 

“É importante que tenhamos um primeiro-ministro que apresente resultados e diga que são um desastre. Isso é o que o senhor devia exigir e recordar à Europa, que há cinco anos que anda a lidar com a crise e ainda não a conseguiu resolver”, criticou Seguro. Só quando começou a ter intervenção é que as taxas de juro da dívida portuguesa baixaram, lembrou.

 

“É graças a um papel mais activo do BCE que Portugal pode começar mais cedo o regresso aos mercados, coisa a que se opôs no Verão do ano passado”, relembrou Seguro. “O que nos separa profundamente, quer aqui, quer na Europa, é que continua enfeudado a uma política de finanças primeiro, economia depois”.

 

Para Seguro, “deve ser feito um ajustamento com equilíbrio. Ao contrário do que diz, pode-se reduzir défice pondo o País a crescer, porque se crescer gera riqueza e contribuições para reduzir o défice. Isso significa ter prioridade e sensibilidade social”, destacou Seguro.

Ver comentários
Saber mais Seguro Parlamento austeridade
Mais lidas
Outras Notícias