Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Vídeo: Descida da taxa de juro "seria uma decisão demasiado radical para o BCE"

No comentário diário, Diogo Serras Lopes fala sobre o corte de "rating" à banca portuguesa, sobre as decisões saídas do Conselho de Governadores do BCE e sobre os dados divulgados ontem pelo Banco de Portugal no âmbito do Boletim de Outono. Veja aqui o vídeo.

Ana Laranjeiro alaranjeiro@negocios.pt 07 de Outubro de 2011 às 11:22
  • Partilhar artigo
  • 1
  • ...
Diogo Serras Lopes, director de investimentos do Banco Best, revela que “não esperava” uma descida da taxa de juro de referência por parte do Banco Central Europeu (BCE). Isto porque “iria contra a lógica daquilo que é a postura do BCE ao longo” da sua existência e “portanto, seria uma medida, digamos, demasiado radical para o BCE”.

Quanto à decisão da autoridade monetária de Zona Euro de emitir “covered bonds” no montante de 40 mil milhões de euros e a cedência de liquidez à banca, Diogo Serras Lopes considera que acaba por reflectir “também aquilo que se sente no sector financeiro europeu no sentido de a questão da liquidez se estar a tornar um problema complicado de gerir”.

Já no que diz respeito ao corte de “rating” da Moody’s à banca nacional, o responsável adianta que “este corte era já esperado face à evolução a que temos assistido”.



Ver comentários
Saber mais BCE Zona Euro BEST Diogo Serras Lopes Moody's boletim de Outono
Outras Notícias