Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Aprovação de acordo de Paris "será vitória enorme" para União Europeia

A Comissão Europeia está "muito confiante" na aprovação hoje do acordo de Paris para o clima, o que será uma vitória para a Europa, disse a sua porta-voz.

Reuters
Lusa 12 de Dezembro de 2015 às 17:24
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

"Estamos muitos confiantes no facto de que [o texto] vai passar", disse Anna-Kaisa Itkonen, porta-voz da Comissão Europeia.

 

Se a proposta final, que será levada a plenário da ONU ao final da tarde, for aprovada "será uma vitória enorme para a União Europeia", referiu.

 

"O acordo cobre todas os nossos pedidos principais - é ambicioso e equilibrado", justificou Anna-Kaisa Itkonen.

 

"Se for aprovado em plenário, será um acontecimento histórico, o primeiro acordo sobre alterações climáticas universal e vinculativo", salientou.

 

A ministra da Agricultura e Ambiente espanhola já comentou a fase final das negociações e defendeu que a proposta que deverá ser aprovada hoje tem um conteúdo "tremendamente ambicioso" e levará a uma mudança "absolutamente radical" da ação contra o aquecimento global.

 

"O acordo de Paris vai pressupor uma mudança absolutamente radical na luta contra as alterações climáticas" e será "um salto quantitativo e qualitativo enorme" em relação ao protocolo de Quioto, disse Isabel García Tejerina.

 

Também a China, que é o primeiro emissor mundial de gases com efeito de estufa, a Arábia Saudita e a Índia, quarto emissor, já comentaram estar satisfeitos com a proposta de acordo hoje apresentada pela presidência francesa da conferência das Nações Unidas do clima (COP21).

 

A COP21 reuniu durante duas semanas representantes de 195 países mais a União Europeia para chegar a um acordo que reduza as emissões de gases com efeito de estufa para conseguir limitar o aumento da temperatura do planeta e evitar fenómenos extremos, como ondas de calor, secas, cheias e subida do nível do mar.

 

O encerramento da conferência estava previsto para sexta-feira, mas foi necessário prolongar as negociações para hoje, já que não havia ainda consenso acerca do texto de acordo.

Ver comentários
Saber mais Cop21 acordo de Paris cimeira do clima Anna-Kaisa Itkonen porta-voz da Comissão Europeia União Europeia Quioto aquecimento global alterações climáticas
Outras Notícias