Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Até 2050 mais de 5 mil milhões de pessoas podem sofrer com falta de água

Em 2050, cerca de 5,7 mil milhões de pessoas estarão a viver em áreas com problemas de escassez de água, de acordo com um relatório publicado esta segunda-feira, pela UNESCO.

Reuters
Raquel Murgeira raquelmurgeira@negocios.pt 19 de Março de 2018 às 16:28
  • Partilhar artigo
  • 1
  • ...

Actualmente, estima-se que cerca de 3,6 mil milhões de pessoas vivem em áreas com potencial de escassez de água pelo menos um mês por ano. No entanto, este número poderá subir para 5,7 mil milhões até 2050, segundo um relatório das Nações Unidas, publicado esta segunda-feira, e citado na CNBC.

A procura global por água tem vindo a aumentar a um ritmo de 1% por ano, e o relatório antecipa que vai "continuar a crescer significativamente" nos próximos 20 anos.

"Precisamos de novas soluções na gestão dos recursos hídricos para enfrentar os desafios emergentes causados pelo crescimento populacional e pelas mudanças climáticas", afirma Audrey Azoulay, directora-geral da UNESCO, citado no comunicado. 

De acordo com o relatório da UNESCO, as soluções inspiradas na natureza desempenharam um papel importante no aumento da qualidade e oferta de água e também na atenuação do impacto de catástrofes naturais. Estas soluções baseiam-se no uso ou na reprodução dos processos naturais que ajudam na poupança de água, como por exemplo pavimentos permeáveis.

"Este relatório propõe soluções inspiradas na natureza para gerir melhor a água. Esta é uma tarefa importante, precisamos de novas maneiras de lidar com a procura para evitar conflitos relacionados com este recurso natural que é a água", afirmou Gilbert F. Houngbo, presidente da UN-Water e do Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola.

Ver comentários
Saber mais UNESCO água ambiente escassez Desenvolvimento das Águas das Nações Unidas
Outras Notícias