Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Cimeira do Clima: Europa “lidera esforços globais” para acordo histórico

Europa aplaude acordo "histórico" e salienta o papel fundamental que teve ao longo das negociações que decorreram na Cimeira do Clima (COP21), em Paris.

A carregar o vídeo ...
195 Countries Sign Historic Climate Deal in Paris
Inês F. Alves inesalves@negocios.pt 14 de Dezembro de 2015 às 15:17
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A "Europa liderou os esforços em Paris para alcançar um acordo climático ambicioso e legalmente vinculativo", disse o comissário europeu para a Acção Climática e Energia Miguel Arias Cañete, que considerou este acordo "uma grande vitória para a Europa. Mas, mais importante, uma grande vitória para a comunidade global".

"Forjámos alianças e outros juntaram-se", diz Cañete em comunicado, acrescentando que os principais propósitos da União Europeia – como "um objectivo de longo prazo, revisões de cinco em cinco anos e a transparência" – "figuram no novo acordo".

Para Jean-Claude Juncker, presidente da Comissão Europeia, este "acordo robusto vai direccionar o mundo para uma transição para as energias limpas". Juncker disse ainda que a Europa "tem sido há muito um líder global no que concerne a acção climática e que o acordo agora reflecte essa ambição mundialmente".

O acordo alcançado em Paris a 12 de Dezembro entre os 195 países presentes é o "primeiro acordo multilateral de peso no século XXI" e coloca o mundo num caminho "para evitar alterações climáticas perigosas e limitar o aquecimento global muito abaixo dos 2ºC", pode ler-se no comunicado da Comissão.

Este entendimento sem precedentes "envia um sinal claro a investidores, empresas e legisladores de que a transição para as energias limpas veio para ficar e os recursos têm de afastar-se dos combustíveis fósseis poluentes".

Na nota da Comissão Europeia são ainda traçadas as principais linhas deste acordo, entre elas, a "ambição" de limitar o aumento da temperatura aos 1,5ºC; o "compromisso" de rever as contribuições nacionais a cada cinco anos; o reforço do compromisso por parte dos países desenvolvidos em financiar os esforços de mitigação e adaptação às alterações climáticas nos países mais necessitados, sendo que outros países em desenvolvimento são encorajados a contribuir voluntariamente para este apoio.

 

 

Ver comentários
Saber mais COP21 Paris Ambiente Clima Conferência do Clima Alterações climáticas
Outras Notícias