Ambiente Mapa: Saiba quais são os municípios que produzem mais lixo e os que mais reciclam

Mapa: Saiba quais são os municípios que produzem mais lixo e os que mais reciclam

É no Algarve que estão os municípios onde os habitantes geram mais resíduos urbanos e é no Norte onde existem mais concelhos com taxas de reciclagem mais reduzidas.
Nuno Carregueiro 09 de junho de 2018 às 10:00

O Dia Mundial do Ambiente foi celebrado a 5 de Junho e o Governo apresentou uma série de medidas para reduzir o consumo de plástico.

 

O Negócios consultou a base de dados do INE para avaliar o que mostram os números dos diferentes municípios portugueses no que diz respeito ao tratamento dos resíduos urbanos.

 

Os dados do INE que permitem construir os mapas do Negócios dizem respeito a 2016 e têm por base as estatísticas dos resíduos urbanos da Agência Portuguesa do Ambiente (APA). A agência já revelou esta semana os dados provisórios para 2017, que são muito idênticos aos de 2016, mostrando poucas alterações na relação dos portugueses com o lixo.

 

Em 2017 a produção de resíduos urbanos por habitante aumentou 2,3% e no total foram produzidas 4,75 milhões de toneladas de lixo, segundo a APA. 

 

Em 2016, cada português recolheu 474 quilogramas de resíduos urbanos, de acordo com a base de dados do INE. Mas o lixo gerado por habitante difere bastante de município para município.

 

Os habitantes de Albufeira recolheram 1.344 quilos de resíduos em 2016, o que representa mais de cinco vezes o volume do município que menos lixo gerou nesse ano: Celorico de Basto, com 251 quilos por habitante.

 

Olhando para o mapa do país (ver mapa em cima), é visível que os municípios a norte são os que menos lixo geram por habitante, enquanto os do Sul estão no topo oposto. Já a maioria dos municípios do centro apresentam valores em linha com a média. Na divisão interior/litoral não se notam grandes diferenças, sendo que apenas três municípios geram mais de mil quilos de resíduos por habitante. São todos do Algarve, o que pode ser explicado pelo elevado número de turistas que recebem.

 

Quanto aos municípios mais populosos do país, estão todos a cima da média; Lisboa com 621 quilos e Porto com 645 quilos.

 

Um outro importante indicador de como os portugueses tratam o lixo diz respeito à proporção de resíduos urbanos preparados para reutilização e reciclagem.

 

Os dados do INE mostram que, em média, os portugueses preparam para reciclagem 37,8% do lixo que recolheram em 2016 (em 2017, segundo a APA, a taxa foi de 38%).

 

No que diz respeito a este indicador, o município mais amigo do ambiente era Cantanhede (85,1%), com o lugar oposto a ser ocupado por Mesão Frio (2,6%).

 

Olhando para o mapa (ver em baixo), nota-se que são os municípios que menos lixo geram aqueles que também reciclam uma menor parcela dos resíduos. A vermelho surgem também alguns concelhos do Oeste, Ribatejo, Alentejo e Algarve.

 

 

 

A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
comentar
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentários mais recentes
jose Há 1 semana

aqui está uma informação que nada diz sobre os habitantes dos concelhos!...conclusão: os concelhos com mais turismo produzem mais lixo! ..apenas isso

pub