Volume de negócios nos serviços acelera em Julho

O comércio por grosso; reparação de veículos automóveis e motociclos foi a secção que mais impulsionou o sector dos serviços.
Bloomberg
pub
Negócios 12 de setembro de 2018 às 12:00

O sector dos serviços, que representa uma parte considerável da economia portuguesa, registou uma evolução positiva em Julho. O volume de negócios registou uma taxa de crescimento homóloga de 6,3%, o que representa uma aceleração de 4 décimas face ao verificado em Junho.

 

A variação média dos últimos 12 meses, um indicador menos volátil para avaliar a evolução do sector, foi de 6,2%, sendo que desde o arranque do ano que esta taxa de crescimento oscila entre 6 e 7%.

 

Segundo o Instituto Nacional de Estatística, o andamento do índice agregado foi particularmente influenciado pela secção de Comércio por grosso; reparação de veículos automóveis e motociclos , que passou de um crescimento de 5,8% em Junho para 7,4% em Julho. A secção de alojamento, restauração e similares apresentou o segundo contributo mais elevado, derivado de um aumento homólogo de 6,9%.

 

 Os índices de emprego (+2,1%), de remunerações brutas (5,9%) e de horas trabalhadas (2,5%) ajustado de efeitos de calendário também registaram variações homólogas positivas.

pub