Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Actividade económica desacelera na recta final do ano

O indicador de actividade económica desacelerou em Outubro pelo segundo mês consecutivo.

Eva Gaspar egaspar@negocios.pt 21 de Dezembro de 2010 às 11:22
  • Assine já 1€/1 mês
  • 4
  • ...
Segundo dados hoje divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), em Setembro o indicador de actividade económica “interrompeu o perfil crescente observado desde Agosto de 2009”, passando de 2,4 em Agosto, para 2,1 em Setembro, antes de voltar a descer para 1,8 em outubro. Apesar da perda de velocidade, mantém-se em terreno positivo, sugerindo que a actividade económica continua em expansão.

Também o indicador de clima económico, disponível até Novembro, diminuiu nos últimos dois meses, após ter estabilizado no valor mais elevado desde Setembro de 2008. Mas ao contrário da actividade económica, já entrou em terreno negativo: em Outubro foi de -0,1, e em Novembro voltou a afundar para -0,5.

Em Outubro, o indicador de consumo privado manteve o movimento descendente dos quatro meses anteriores, em consequência do contributo negativo da componente de consumo duradouro. Já o indicador de investimento apresentou uma redução ligeiramente mais intensa em Outubro, reflectindo a evolução negativa das componentes de construção e de material de transporte, precisa o Instituto.

Estes dados são consistentes com as previsões das principais organizações internacionais que antecipam uma desaceleração da actividade económica neste último trimestre e para a forte probabilidade de Portugal regressar a uma situação recessiva em 2011.

Para o próximo ano, as previsões oscilam entre uma contracção de 1,4% do PIB (no caso do FMI) e de 0,2% (no da OCDE). Só o Governo prevê que a economia portuguesa cresça em 2011, ainda que uns modestos 0,2%.


Ver comentários
Saber mais INE actividade económica afundou Novembro
Mais lidas
Outras Notícias