Conjuntura Banco Mundial corta previsões para a economia mundial

Banco Mundial corta previsões para a economia mundial

O Banco Mundial reviu em baixa as suas previsões para a economia mundial, estimando um crescimento económico este ano menor do que no ano passado. Para a Zona Euro a previsão é de uma contracção mais acentuada.
Banco Mundial corta previsões para a economia mundial
Bloomberg
Negócios 13 de junho de 2013 às 08:44

A economia mundial vai crescer 2,2% este ano, de acordo com as estimativas do Banco Mundial divulgadas esta quinta-feira. Esta expansão económica é menor do que a do ano passado (2,3%) e menor do que a estimada pelo organismo em Janeiro (2,4%).

 

O Banco Mundial reviu em baixa as previsões de crescimento para as economias desenvolvidas para 5,1%, quando em Janeiro a estimativa era de 5,5%, estimando agora que a economia da Zona Euro registe uma contracção de 0,6% este ano. Em Janeiro a previsão era de uma contracção de 0,1%.

 

Já os EUA e o Japão viram as suas previsões de crescimento ser melhoradas, com o Banco Mundial a justificar com os estímulos orçamentais e monetários. A economia americana deverá expandir-se 2% este ano. Já o Japão deverá expandir-se 1,4% em 2013, o que compara com a previsão de 0,8% avançada em Janeiro.

 

A China deverá crescer 7,7%, o que compara com os 8,4% previstos anteriormente.




Marketing Automation certified by E-GOI