A carregar o vídeo ...
Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Banco Mundial corta previsões de crescimento da economia para 2013 e 2014

Medidas de austeridade, altas taxas de desemprego e pouca confiança empresarial são alguns dos factores que penalizaram as estimativas. Para 2013 a instituição prevê uma expansão de 2,4% e de 3,1% em 2014. No último ano, a economia global cresceu 2,3%.

Rita Dias Baltazar rbaltazar@negocios.pt 16 de Janeiro de 2013 às 10:50
  • Partilhar artigo
  • ...

O Banco Mundial reviu em baixa as previsões de crescimento para 2013 e 2014, relativamente às estimativas que anunciou em Junho.

 

A economia mundial crescerá 2,4% este ano, de acordo com as previsões do banco mundial apresentadas esta terça-feira. Em Junho, a instituição com sede em Washington tinha previsto uma expansão de 3%. Projecções que apontavam para uma expansão da economia Japonesa e do EUA foram cortadas, mantendo-se as estimativas para uma contracção da Zona Euro.

 

Apesar dos mercados emergentes também terem sofrido cortes nas previsões, foram as economias desenvolvidas que falharam a ganhar força em 2012, mesmo depois das medidas de estímulo implementadas, principalmente nos países afectados pela crise da dívida da Zona Euro.

 

A incerteza que envolve a situação política nos EUA, em torno do acordo para os cortes orçamentais, bem como a tensão na relação diplomática entre a China e o Japão podem afectar o desempenho da economia mundial.

 

Os mercados emergentes estão a recuperar do primeiro abrandamento nas taxas de crescimento da década passada. A recuperação que agora se assiste é a mesma que se antecipou em Junho, mas um pouco atrasada no tempo, afirmou Andrew Burns do Banco Mundial, segundo a Bloomberg.

 

Para 2014 o banco reviu também em baixa as previsões de crescimento. A instituição estima um crescimento de 3,1% da economia global em 2014. Em Junho, o Banco Mundial estimava uma expansão de 3,3% para o próximo ano.

 

Ver comentários
Saber mais Banco Mundial previsões
Outras Notícias