Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Brasil regista défice comercial histórico

O Brasil arrancou o novo ano com o pé esquerdo, depois de ter fechado o ano de 2013 com uma bateria de números negativos.

Negócios 04 de Fevereiro de 2014 às 11:23
  • Assine já 1€/1 mês
  • 7
  • ...

A balança comercial brasileira registou, em Janeiro deste ano, o mais amplo défice mensal da série estatística iniciada em 1994. As importações superaram as exportações em 4,1 mil milhões de dólares (cerca de três mil milhões de euros), segundo dados divulgados pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, citados pela Reuters. Os economistas consultados pela agência noticiosa esperavam um défice ainda mais elevado, na casa de 4,6 mil milhões de dólares.

 

As exportações elevaram-se a 16 mil milhões, após uma subida homóloga (comparação com Janeiro de 2013) de 0,4%. Mas as compras do Brasil ao exterior totalizaram 20 mil milhões de dólares, o valor mais elevado de que há registo e que traduz uma subida homóloga de 0,4%. "Do lado das importações, há um aumento ligado à reposição de stocks", comentou o secretário de Comércio Exterior do ministério, Daniel Godinho, acrescentando que houve também uma "procura interna aquecida", principalmente por bens electroeletrónicos, que não foi suficientemente atendida pela produção interna.

 

O Brasil fechou o ano de 2013 com uma bateria de números negativos, entre os quais o saldo comercial mais baixo em 13 anos, a primeira queda anual numa década na venda de automóveis e a maior saída líquida de dólares desde 2002.

 

Em declarações ao Financial Times,  David Beker, economista do Bank of America Merrill Lynch, considera que estes primeiros dados do comércio em 2014 ainda “não reflectem o impacto da desvalorização cambial tivemos no ano passado". Ao longo do último ano, o real desvalorizou cerca de 18% em relação à divisa norte-americana.

Ver comentários
Saber mais Brasil défice exportações importações real
Mais lidas
Outras Notícias