Conjuntura Compra de carros provoca primeiro crescimento de bens duradouros em 3 anos

Compra de carros provoca primeiro crescimento de bens duradouros em 3 anos

Desde o quarto trimestre de 2010 que o consumo de bens duradouros não atingia terreno positivo. Segundo os dados publicados esta manhã pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), entre Julho e Setembro deste ano, observou-se um crescimento de 4,2%.
Compra de carros provoca primeiro crescimento de bens duradouros em 3 anos
Nuno Aguiar 09 de dezembro de 2013 às 12:02

O Produto Interno Bruto (PIB) nacional contraiu 1% face ao mesmo trimestre de 2012, um resultado menos negativo que nos três meses anteriores, reflectindo um menor contributo positivo da procura externa líquida - exportações menos importações - e um contributo menos negativo da procura interna.

 

Nesta última rubrica, destaca-se a evolução do consumo privado (-1,1%), principalmente dos bens duradouros. "As Despesas de Consumo Final das Famílias Residentes em bens duradouros apresentaram um aumento de 4,2% em termos reais no 3º trimestre (-3,2% no trimestre anterior), refletindo principalmente a evolução da componente de aquisição de automóveis", explica o INE na publicação.

 

Ou seja, a rubrica que sofreu as maiores quebras homólogas regressou a terreno positivo, empurrando a actividade económica. Nos últimos três anos, o consumo de bens duradouros registou recuos superiores a 20%. Este trimestre cresceu 4,2%. Em relação aos outros tipos de consumo, os bens alimentares cresceram 0,8% e os bens correntes e serviços caíram 2,2%.

 

Ainda no que respeita à procura interna (-1,5%), o investimento caiu menos, mas ainda está no vermelho (-3,3%), bem como o consumo público (-1,4%).




pub

Marketing Automation certified by E-GOI