Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Crescimento das importações na Região Norte foi mais do dobro da média nacional

A borracha (54,9%), a cortiça (38,4%), os plásticos (27,3%) e as máquinas, aparelhos e materiais eléctricos (22,6%) foram os produtos mais importados pela região Norte.

Lusa 04 de Julho de 2011 às 18:29
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
As importações da região Norte cresceram 22,9% no primeiro trimestre de 2011, face ao período homólogo, muito acima da média nacional de 9,2%, revela o relatório trimestral da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional.

A borracha (54,9%), a cortiça (38,4%), os plásticos (27,3%) e as máquinas, aparelhos e materiais eléctricos (22,6%) foram os produtos mais importados pela região Norte.

Quanto às exportações, estas cresceram também em termos homólogos (18,7%) e acima da média nacional de 17,6%, mas mantiveram um crescimento semelhante ao trimestre anterior (18,4%).

Entre os produtos mais exportados, destaque para os plásticos (33,6%), as obras de ferro fundido, ferro ou aço (20,8%), o calçado (19,6%), a borracha (17%) e os produtos da fileira automóvel (15,9%), enquanto a cortiça e suas obras e o vestuário (excepto malhas) tiveram variações negativas de 13,4% e 4,2%, respectivamente.

As indústrias tradicionais deram, no entanto, sinais positivos com um aumento do volume de negócios a nível nacional.

No couro e calçado, o volume de negócios cresceu 7,7%, impulsionado sobretudo pelo mercado nacional, mas desacelerando face ao trimestre anterior (15,4%), enquanto no vestuário a facturação aumentou 10%.

A inflação aumentou e atingiu 4% no primeiro trimestre, reflectindo a subida de preços dos bens energéticos.

O boletim 'Norte Conjuntura' salienta ainda a tendência decrescente do desemprego registado na maior parte dos concelhos do Norte (49 em 86), com a taxa de desemprego a fixar-se em 12,8%.

O relatório da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte (CCDR-N) aponta ainda para o aumento do incumprimento bancário entre as famílias e as empresas desta região, ligeiramente acima da média nacional.

Na Região Norte, no final do primeiro trimestre de 2011, o crédito vencido representava 5,2% do total de empréstimos às empresas (5% a nível nacional) e 3,5% do crédito às famílias (3,3% a nível nacional).

Ver comentários
Saber mais importações Região Norte Portugal
Outras Notícias