Conjuntura Economia portuguesa tem excedente externo de 1,9% do PIB

Economia portuguesa tem excedente externo de 1,9% do PIB

A economia portuguesa registou uma capacidade de financiamento de 1,9% do PIB no ano acabado no terceiro trimestre deste ano, uma melhoria de 0,3 pontos face ao trimestre anterior.
Economia portuguesa tem excedente externo de 1,9% do PIB
Bruno Simão/Negócios
Nuno Aguiar 23 de dezembro de 2014 às 11:09

Segundo os números publicados esta terça-feira, 23 de Dezembro, pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), o principal responsável por esta variação foi a melhoria do "saldo dos rendimentos de propriedade", com os rendimentos recebidos do exterior a aumentarem 5,7%, ao mesmo tempo que o saldo externo de bens e serviços estabilizou nos 0,7% do produto interno bruto (PIB).

 

No que diz respeito a sectores da economia, o Estado foi aquele que mais contribuiu para a melhoria. O défice do sector público na média dos últimos 12 meses é 4,3% do PIB, 0,5 pontos percentuais abaixo do valor observado no trimestre anterior (4,8%). A ajudar à capacidade de financiamento da economia esteve também o sector financeiro com um ligeira subida do seu saldo para 2,7% do PIB.

 

Famílias e empresas não financeiras viram a sua capacidade de financiamento deteriorar-se no terceiro trimestre, para os 5,4% e -1,9%, respectivamente. As primeiras devido ao crescimento do consumo, as segundas devido a mais remunerações pagas e a mais investimento realizado.




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI