A carregar o vídeo ...
Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Exportações estagnadas com 2016 quase fechado

Vendas para o exterior de mercadorias apresentaram uma variação nula de Janeiro a Novembro do ano passado em relação ao mesmo período de 2015, mostram dados do INE.

Miguel Baltazar/Negócios
  • Assine já 1€/1 mês
  • 6
  • ...
O mês de Novembro trouxe boas notícias para a venda de mercadorias ao exterior, mas ainda assim foram insuficientes para traçar uma tendência de recuperação das exportações. As exportações subiram 7,6% em Novembro de 2016 em relação ao mês homólogo. Mas quando se olha para o acumulado do ano é possível ver que as exportações não estão a crescer. Só Dezembro pode mudar esta tendência.

Os dados divulgados esta segunda-feira pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) mostram apenas um lado das vendas para o exterior: o comércio de mercadorias, deixando de fora as compras e vendas de serviços.

Até Outubro, o valor acumulado das exportações estava a recuar 0,7% face ao período homólogo. Nos primeiros 11 meses do ano (ou seja, quase a totalidade de 2016), as saídas de mercadorias registaram uma variação nula.

As vendas para os estados-membros da União Europeia estão a contribuir positivamente para o comportamento das exportações, com um crescimento de 3,7%. São os destinos de fora da UE que estão a pressionar negativamente a evolução das vendas para o estrangeiro. As vendas para estes mercados diminuíram 9,9% entre Janeiro e Novembro em relação ao período homólogo.

Do lado das importações, o comportamento do conjunto dos 11 meses disponíveis aponta para um aumento das compras ao exterior de 0,2%. Só em Novembro as compras subiram 8,4% em relação ao mesmo mês de 2015.

Também no caso das importações de mercadorias, são os mercados da UE que explicam o aumento das compras, com uma subida de 2,3%. Por outro lado, as importações de países de fora da UE recuaram 6,6%. 



    

Ver comentários
Saber mais exportações importações INE
Outras Notícias