Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Indicador da OCDE para a economia portuguesa está a subir há 20 meses seguidos

Dados da OCDE continuam a antecipar uma melhoria na economia portuguesa, com o indicador avançado da instituição novamente em alta em Janeiro deste ano.

Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 11 de Março de 2014 às 11:06
  • Partilhar artigo
  • 6
  • ...

O indicador avançado da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE), concebido para antecipar pontos de viragem na actividade económica em relação à tendência, voltou a subir em Janeiro, registando a 20ª subida consecutiva para Portugal.

 

A OCDE revelou esta terça-feira, 11 de Março, que o indicador subiu em Janeiro para 102,78 pontos, situando-se pelo quinto mês consecutivo acima da linha de 100 pontos que marca a média de longo prazo.

 

Contra Dezembro de 2013 o indicador subiu 0,62%, enquanto a variação face a Janeiro de 2013 foi de 4,7%. Esta taxa de crescimento homóloga tem vindo a acentuar o movimento positivo ao longo dos últimos meses, sugerindo que a economia portuguesa vai ao longo deste ano reforçar a tendência de recuperação que encetou em 2013.    

 

O Instituto Nacional de Estatística divulga esta manhã a segunda estimativa para o crescimento do PIB no quarto trimestre. A primeira leitura, revelada no mês passado, apontava para um crescimento de 1,6% no PIB no quarto trimestre, face ao mesmo período do ano anterior. Entre o terceiro e o quarto trimestre a economia cresceu 0,5%, no terceiro trimestre consecutivo em alta.

 

No âmbito da 11ª avaliação ao programa de ajustamento de Portugal, o Governo e a troika reviram em alta as estimativas para o crescimento de Portugal este ano, antecipando agora uma expansão de 1,2% em 2014, quando antes antevia um crescimento de 0,8%.

 

Em Dezembro, o Banco de Portugal mais do que duplicou as suas previsões para o crescimento da economia portuguesa em 2014, antecipando que, ao fim de três anos de recessão, o PIB cresça 0,8% do PIB, quando no Verão apontava para uma expansão de 0,3%. 

 

Ver comentários
Saber mais OCDE conjuntura economia
Outras Notícias