Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

INE antecipa já para amanhã estimativa do PIB do segundo trimestre. Queda pode chegar aos 20%

Os dados do PIB da economia portuguesa vão ser conhecidos já amanhã. A expectativa dos economistas é de uma queda histórica que pode atingir os 20%.

  • Assine já 1€/1 mês
  • 3
  • ...
O Instituto Nacional de Estatística (INE) vai antecipar já para esta sexta-feira a estimativa preliminar do PIB para o segundo trimestre deste ano. O esforço de dar dados sobre o andamento da situação económica o mais cedo possível é comum a outros Estados-membros e visa contribuir para decisões atempadas num contexto de crise económica aguda e de pandemia.

"Dado o contexto atual em que o conhecimento de informação económica, ainda que por vezes incompleta, tem uma particular urgência, o INE antecipa a divulgação de resultados para o 2º trimestre de 2020, tal como se espera que aconteça com outros estados membros da União Europeia", indica o organismo nacional de estatísticas, na sua página online. A divulgação dos dados está agendada para as 9h30.

O Eurostat também se prepara para publicar amanhã a primeira estimativa do PIB do conjunto da zona euro. Já esta quinta-feira, o instituto nacional de estatísticas alemão revelou a contração histórica registada na maior economia do euro, no segundo trimestre. O PIB alemão recuou 10,1% em termos trimestrais e 11,7% em termos homólogos, atingindo a maior queda desde que há registos, iniciados em 1970.

Os economistas da Bloomberg antecipam uma queda de 12% para o conjunto da zona euro, de 16,3% para Espanha e 15,2% tanto em Itália como em França.

Para Portugal, as estimativas dos economistas admitem uma queda que chegue aos 20% do PIB. O ISEG aponta para um intervalo entre os 15% e os 20%, devido a uma queda profunda da procura interna. Já o núcleo de economistas da Universidade Católica apontam para uma contração de 15,5% entre abril e junho, admitindo uma queda anual do PIB que, num cenário pessimista, poderá atingir os 17%.

Ainda esta quinta-feira o INE revelou uma contração da produção industrial de 23,7% no segundo trimestre, contribuindo para as expectativas negativas.
Ver comentários
Saber mais INE PIB economia recessão estimativas
Mais lidas
Outras Notícias