Conjuntura Inflação quase duplica em Dezembro na Zona Euro

Inflação quase duplica em Dezembro na Zona Euro

A inflação subiu para 1,1%, em Dezembro, na Zona Euro, o que compara com os 0,6% registados no mês anterior.
Inflação quase duplica em Dezembro na Zona Euro
Miguel Baltazar/Negócios
Rita Faria 04 de janeiro de 2017 às 10:09

A taxa de inflação na Zona Euro subiu para 1,1%, em Dezembro, revelou esta quarta-feira, 4 de Janeiro, o Eurostat. Este valor, que representa o crescimento mais rápido dos preços desde 2013, compara com a inflação de 0,6% registada em Novembro.

O crescimento dos preços na região da moeda única superou o consenso do mercado, que apontava para uma subida da inflação para 1%.

Segundo os dados do gabinete estatístico da União Europeia, o aumento de 2,5% dos preços da energia foi o principal responsável pela subida da inflação. A chamada inflação "core", que exclui itens voláteis como a energia e os alimentos, aumentou para 0,9%.

No sector dos serviços, a inflação aumentou para 1,2% (1,1% em Novembro) e no da alimentação, álcool e tabaco os preços também subiram 1,2%, em Dezembro, face ao mesmo mês do ano anterior (0,7% em Novembro).

 

Já nos bens industriais não energéticos, os preços cresceram 0,3%, uma evolução estável na comparação com Novembro.

Estes dados são conhecidos depois de ter sido revelado, ontem, que a inflação na Alemanha cresceu para 1,7% em Dezembro, muito acima das estimativas. Também em Espanha, os preços subiram 1,4% no final de 2016. Os números relativos ao crescimento dos preços na maior economia do euro levaram os juros da dívida a disparar na generalidade dos países, devido aos receios de que o BCE possa começar a considerar uma mudança na sua política monetária expansionista, na medida em que a inflação se está a aproximar da meta do banco central de 2%.

Em Dezembro, Mario Draghi – que decidiu prolongar o programa de compra de activos – disse que o crescimento dos preços na região da moeda única continua fraco. Já Benoit Coeure, membro da autoridade monetária, afirmou, na semana passada, que a inflação pode enfrentar riscos de subida. 


(Notícia actualizada às 10:41)




pub

Marketing Automation certified by E-GOI