Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Inflação acelera em Julho

Os produtos alimentares, as bebidas alcoólicas e os preços dos restaurantes e hotéis justificam a subida do nível de preços face a 2015, segundo o Instituto Nacional de Estatística.

Miguel Baltazar/Negócios
Negócios 10 de Agosto de 2016 às 11:29
  • Assine já 1€/1 mês
  • 8
  • ...

Os preços ao consumidor, medidos pela inflação, subiram no passado mês de Julho face ao mesmo período de 2015. Ao todo, o preço final dos bens e serviços que compõem o cabaz do Instituto Nacional de Estatística (INE) avançou 0,6%, o que representa uma aceleração também face a Junho.

 

De acordo com dados divulgados esta manhã pelo INE, a variação homóloga do índice de preços ao consumidor (IPC, que mede a inflação) passou de 0,5% em Junho para 0,6% em Julho, em termos homólogos.

 

Na origem deste crescimento destacam-se os produtos alimentares e bebidas não alcoólicas e os restaurantes e hotéis. A pesar negativamente no índice estiveram sobretudo os preços dos transportes.  

 

Já quando comparado com os preços em Junho, o IPC regista um recuo. Segundo o INE, de um mês para o outro os preços encolheram 0,7%, sobretudo devido aos produtos de vestuário e calçado (caíram 12,2%) que entraram em saldos. A pesar positivamente nos preços, estiveram, por seu turno, os transportes (cresceram 1,4%). 


Portugal é um dos países da zona Euro com um nível de inflação mais elevado, apesar de ele se manter muito aquém do desejado pelo Banco Central Europeu, razão pela qual a autoridade monetária tem vindo a lançar um conjunto continuado de estímulos às economias. 

Ver comentários
Saber mais Inflação preços IPC INE
Outras Notícias