Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Inflação na Zona Euro dispara para máximo de três anos nos 3% (act)

Os preços no consumidor aceleraram a subida. Em Setembro a taxa de inflação foi de 3%, registando a maior subida desde Outubro de 2008.

Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 30 de Setembro de 2011 às 10:19
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...
O índice de preços no consumidor da Zona Euro aumentou 3% no mês de Setembro, face ao mesmo mês do ano passado, o que representa uma forte aceleração face à inflação de 2,5% verificada em Agosto.

Os economistas antecipavam uma manutenção da inflação em 2,5%, sendo que esta aceleração represente mais um factor de pressão na economia da Zona Euro, que está a passar por uma fase de abrandamento.

Subida da inflação representa menos consumo por parte das famílias, o que pode afectar a evolução da economia e dificultar a abertura do Banco Central Europeu para descer os juros. As expectativas actuais apontam para uma manutenção do preço do dinheiro em 1,5% até ao final do ano, sendo que muitos economistas acreditavam que a autoridade monetária iria descer os juros no próximo ano para lidar com a crise da dívida na região.

O valor da inflação em Setembro, cuja estimativa inicial foi hoje avançada pelo Eurostat, corresponde ao nível mais elevado desde Outubro de 2008.

O objectivo do BCE passa por controlar a inflação anual abaixo dos 2%. As suas estimativas apontam para que a inflação se situe numa média de 2,6% este ano e 1,7% em 2012. Já o crescimento do PIB deve desacelerar para 1,6% em 2012, face aos 1,7% estimados para este ano.




Ver comentários
Saber mais Inflação preços no consumidor Zona Euro Europa Eurostat
Mais lidas
Outras Notícias