Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Investimento e consumo sustentam economia alemã

O investimento privado e os gastos das famílias foram os principais responsáveis pelo crescimento do produto interno bruto (PIB) da Alemanha nos primeiros três meses do ano.

Alemanha 5ª posição em 2030, com PIB de 4.540 mil milhões de dólares, após 4ª posição em 2014.
Sara Antunes saraantunes@negocios.pt 22 de Maio de 2015 às 07:58
  • Assine já 1€/1 mês
  • 3
  • ...

O PIB alemão cresceu 0,3% nos primeiro trimestre do ano, tal como já havido sido revelado a 13 de Maio. Esta sexta-feira, 22de Maio, foi anunciado o que contribuiu para este comportamento. O avanço de 0,3% compara com os 0,7% apurados no primeiro trimestre de 2014, sendo que, na altura da sua divulgação, ficou abaixo dos 0,5% esperados pelos economistas consultados pela Bloomberg.


Os gastos de capital cresceram 1,5% nos primeiros três meses do ano, enquanto o consumo aumentou 0,6%, de acordo com o instituto de estatística da Alemanha, citado pela Bloomberg.

 

Os dados apresentados esta sexta-feira revelam ainda que o investimento na construção aumentou 1,7% e os gastos do Estado cresceram 0,7%. Já as importações aumentaram 1,5%, superando as exportações, que aumentaram 0,8%.

"A economia alemã deverá continuar a crescer a um ritmo razoável em 2015", afirmou um economista da Natixis à agência de informação americana.

Ver comentários
Saber mais Alemanha PIB conjuntura economia
Outras Notícias