Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Itália e Espanha levam PIB da Zona Euro a cair 0,2% no segundo trimestre

A economia da Zona Euro contraiu-se em 0,2% no segundo trimestre, em comparação com os três meses anteriores. Na comparação homóloga, o PIB desceu 0,4%, em linha com as expectativas dos economistas.

Edgar Caetano edgarcaetano@negocios.pt 14 de Agosto de 2012 às 10:17
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...
O Produto Interno Bruto (PIB) da Zona Euro desceu 0,2% no segundo trimestre, na comparação com o trimestre anterior. No primeiro trimestre, o PIB havia permanecido inalterado face ao quarto trimestre.

O resultado ficou em linha com as expectativas dos economistas, apesar de tanto França como Alemanha terem esta manhã apresentado números melhores do que o esperado. O crescimento económico na Zona Euro continua a ser penalizado pelo facto de estarem cinco países em recessão.

O PIB de Itália caiu em 0,7% e em Espanha registou-se uma contracção de 0,4% no segundo trimestre. Também em cadeia, o PIB de Portugal encolheu 1,2% nos três meses até Junho.

"A contracção do PIB nos países da 'periferia' foi suficientemente profunda para pesar no indicador global para a Zona Euro", notam economistas do Newedge. Esta manhã, ficou a saber-se que o PIB da Alemanha cresceu 0,3%, um abrandamento menor do que o temido, e que o produto ficou inalterado em França, face às estimativas de uma quebra de 0,1%.

A contracção homóloga do PIB na Zona Euro, 0,4%, também ficou em linha com as estimativas.

“O segundo trimestre ficou marcado por uma fraqueza generalizada, com a redução da procura global a limitar as exportações e com muita incerteza a pesar no investimento e na criação de emprego”, diz à Bloomberg Christoph Weil, economista do Commerzbank. “A economia vai continuar a encolher, estamos em recessão. Só esperamos uma estabilização económica em 2013, no mínimo”, acrescenta o economista.Os últimos indicadores antecedentes sugerem que o abrandamento económico poderá agravar-se no trimestre corrente. Os índices PMI de Serviços e Indústria caíram pelo sexto mês consecutivo em Julho e a taxa de desemprego fixou um recorde de 11,2% em Junho, na Zona Euro.
Ver comentários
Saber mais PIB Zona Euro
Outras Notícias