Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Maria Luís garante que crescimento do consumo "não é preocupante"

A ministra das Finanças afirmou esta terça-feira no Parlamento que o crescimento a que se assiste no consumo privado não tem as mesmas características do passado, o que faz com que seja menos preocupante.

Bruno Simão/Negócios
Nuno Aguiar naguiar@negocios.pt 09 de Setembro de 2014 às 12:53
  • Assine já 1€/1 mês
  • 5
  • ...

"Se estivéssemos a assistir a um crescimento do crédito ao consumo, isso sim seria preocupante", afirmou Maria Luís Albuquerque, em resposta aos deputados na última reunião da Comissão Eventual de Acompanhamento do Programa de Ajustamento Económico e Financeiro. 

 

"Muitas decisões de consumo, principalmente bens duradouros, como automóveis ou electrodomésticos, acabaram por ser adiadas [nos últimos anos]", explicou, acrescentando que perspectivas mais optimistas sobre a evolução da economia permitiram "aos consumidores materializar as decisões de consumo que foram adiando". "Não é preocupante como era no passado."

 

Ou seja, uma família que - devido à crise e austeridade - adiou durante alguns anos a compra de um carro novo, tem agora confiança para o fazer. No entanto, como não se está a observar um aumento dos empréstimos contraídos pelas famílias, o Executivo não vê a tendência como perigosa para a sustentabilidade da economia nacional. 

 

A governante prevê, por isso, que a taxa de poupança das famílias portuguesas estabilize abaixo do pico observado em trimestres recentes, mas "acima do que era antes da crise".

Ver comentários
Saber mais Maria Luís Albuquerque Comissão Eventual de Acompanhamento do Programa de Ajustamento Económico e Financeiro consumo economia
Outras Notícias