Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Montepio mantém previsão de aceleração da economia

As estimativas do banco apontam para que o PIB tenha crescido entre 0,4% e 0,6% no segundo trimestre, o que contraria o que é sinalizado pelo indicador do Banco de Portugal.

Paulo Duarte/Negócios
Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 18 de Julho de 2016 às 16:27
  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...

O gabinete de estudos do Montepio continua a apontar para uma aceleração da economia portuguesa no segundo trimestre, apesar dos dados menos favoráveis que foram divulgados nos últimos dias.

 

Entre os dados desfavoráveis, o Montepio destaca um ligeiro agravamento do défice comercial e uma ligeira queda mensal da produção na construção, em Maio. Entre os favoráveis assinala as subidas mensais do volume de negócios nos serviços e das dormidas nos estabelecimentos hoteleiros.

 

"Dados que continuaram a nos permitir sustentar as nossas perspectivas de aceleração da economia no 2.º trimestre, contrariando as indicações menos favoráveis que continuaram a ser dadas pelo indicador coincidente da actividade económica do Banco de Portugal", refere o relatório semanal do Montepio.

 

Apesar do indicador do Banco de Portugal ter ficado inalterado em Junho, o que aponta para um decréscimo em cadeia do PIB de 0,3% no segundo trimestre, o indicador compósito do Montepio para o PIB aponta para um crescimento entre 0,4% e 0,6%.

 

Segundo o Montepio, a economia portuguesa deverá "ter sido suportada tanto pela procura interna, como pelas exportações líquidas, com as exportações a deverem corrigir dos efeitos ‘refinaria de Sines’, Angola e China, que muito condicionaram o seu desempenho no primeiro trimestre", refere o relatório do banco.

 

O banco antecipa um contributo positivo das exportações líquidas de bens e serviços para o crescimento do PIB, depois de o terem penalizado fortemente no trimestre anterior (-0,6 pontos percentuais), então como resultado de um decréscimo das exportações (-0,5%) e de uma subida das importações (+0,8%).

 

No primeiro trimestre o PIB de Portugal cresceu 0,2% em cadeia (face aos três meses anteriores) e 0,9% em termos homólogos (face ao primeiro trimestre de 2015).

 

O INE deverá divulgar a estimativa rápida para o PIB do segundo trimestre a 12 de Agosto.

Ver comentários
Saber mais Banco de Portugal INE PIB segundo trimestre
Outras Notícias