Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

PIB dos EUA cresceu mais do que o esperado no primeiro trimestre

A economia norte-americana avançou 0,8% nos primeiros três meses deste ano. Apesar de ter sido o menor crescimento trimestral alcançado no último ano, superou a previsão governamental de 0,5%.

estados unidos eleições
Bloomberg
David Santiago dsantiago@negocios.pt 27 de Maio de 2016 às 13:46
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

Os dados revelados esta sexta-feira, 27 de Maio, pelo Departamento do Comércio dos Estados Unidos mostram que a economia norte-americana avançou 0,8% no primeiro trimestre de 2016, uma evolução que superou a estimativa do Governo que previa um crescimento de 0,5%. Esta variação ficou aquém da estimativa de um crescimento de 0,9% que havia sido feita pelos analistas. 

No entanto, além de ter sido o menor crescimento do produto interno bruto (PIB) registado ao longo do último ano, a variação de 0,8% entre Janeiro e Março representa também um abrandamento comparativamente com o aumento de 1,4% que tinha sido registado nos últimos três meses do ano passado. Resumidamente, a economia dos Estados Unidos cresceu mais do que inicialmente se antecipava, mas menos do que previam os analistas. Nos últimos três meses de 2015 o PIB norte-americano tinha abrandado devido ao abrandamento da economia global e à valorização do dólar.

A contribuir para um comportamento do PIB norte-americano melhor do que o esperado pelas previsões oficiais esteve o aumento do investimento feito na construção de casas e o crescimento dos inventários de investimento do sector empresarial. 

Os dados revelados pelo Departamento do Comércio mostram ainda que os rendimentos depois de impostos e ajustado à inflação cresceram a uma taxa anualizada de 4% no primeiro trimestre, bem acima dos 2,9% previstos. Segundo a agência Bloomberg, também a taxa de poupança registou um crescimento (5,7%) superior ao esperado (5,2%), o que acaba por consistir no maior aumento desde o quarto trimestre de 2012. Já a compra de casas, que representa cerca de 70% da economia interna, cresceu a uma taxa anualizada de 1,9%, precisamente a mesma evolução que era estimada pelos analistas. 

Estes são dados que serão tidos em conta pela Reserva Federal dos Estados Unidos que, recentemente, admitiu a possibilidade de elevar a taxa de juro director do país já no próximo mês de Junho. Esta sexta-feira a líder da Fed, Janet Yellen, fará uma comunicação em que poderá deixar pistas sobre a interpretação feita pela autoridade monetária à evolução da maior economia mundial.


(Notícia actualizada às 14:03)

Ver comentários
Saber mais Estados Unidos PIB Economia
Mais lidas
Outras Notícias