Conjuntura Pires de Lima congratula-se com Portugal estar em melhor companhia

Pires de Lima congratula-se com Portugal estar em melhor companhia

O ministro da Economia foi questionado sobre a colocação de Portugal sob vigilância pela Comissão Europeia, defendendo que essa posição do País é natural.
Pires de Lima congratula-se com Portugal estar em melhor companhia
Bruno Simão
Negócios 26 de fevereiro de 2015 às 19:36

"Só alguém muito incauto é que poderia esperar que Portugal não estivesse ainda incluído num grupo de países que precisam de ser monitorizados", afirmou António Pires de Lima durante a apresentação do projecto de reordenamento da plataforma multimodal do porto de Lisboa. "Ainda há um ano nem sequer constávamos desta lista, porque estávamos ao lado de Chipre e da Grécia, sob assistência financeira. Essas eram as nossas companhias até Maio de 2014. Hoje estamos num grupo que inclui França e Itália, entre outros países."

 

O governante admitiu que a situação do país continua a ser "exigente", o que "vem dar razão ao governo quando insiste num caminho de credibilização de diminuição dos nossos défices".

 

"Estamos numa situação, em termos de companhias, muito diferente não só de há 4 anos atrás, mas de há 12 meses atrás", acrescentou.

 

E quanto a futuras penalizações pela acumulação dos desequilíbrios identificados pela Comissão, Pires de Lima afasta essa possibilidade e espera que no próximo ano Portugal esteja ainda "em melhor companhia". 




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI