Conjuntura Portugal foi o segundo da UE que mais cresceu na produção industrial em abril

Portugal foi o segundo da UE que mais cresceu na produção industrial em abril

Portugal consegue um dos melhores registos da produção industrial na Europa em abril, em comparação com o mês de março. Contudo, em termos anuais, Portugal não merece o mesmo destaque.
Portugal foi o segundo da UE que mais cresceu na produção industrial em abril
Paulo Duarte
Ana Batalha Oliveira 13 de junho de 2019 às 11:18

Portugal conseguiu destacar-se em abril como o segundo país no qual a produção industrial mais cresceu, em comparação com o mês anterior. Em relação ao mesmo mês do ano passado, Portugal continua a registar uma quebra na produção, embora menos acentuada.

A produção industrial em Portugal aumentou 2,9% entre março e abril. Foi o segundo crescimento mensal mais acentuado, tendo sido apenas ultrapassado pelo da Irlanda (3,6%) e ficando acima do da Finlândia (2,2%). Esta evolução marca ainda o contraste com os anteriores registos: fevereiro e março foram meses de quebra na produção.

Na comparação mensal, os "grandes perdedores" foram o Reino Unido, Alemanha e Letónia, que viram as quedas mais acentuadas.

Já em termos homólogos, Portugal exibe uma descida de 1,8% em abril, depois da quebra de 7,5% registada no mês de março. Desde pelo menos novembro de 2018 que Portugal vê os números da produção deslizarem quando comparados com o ano anterior.

A indústria portuguesa afasta-se ainda assim do pior registo, que é da Alemanha, com uma descida de 3,4%. Segue-se a Holanda, com uma quebra de 2,7% e um empate entre a Letónia e o Reino Unido, cuja produção caiu 2,4%. Já a Lituânia conseguiu o aumento mais expressivo, de 13,6% e a Irlanda voltou a afirmar-se no pódio com um crescimento homólogo de 6,9%.

Na Zona Euro, a produção industrial desceu 0,4% e no conjunto da União Europeia apenas 0,1%, no período de um ano terminado em abril. No caso da UE, é a primeira quebra homóloga na produção industrial em quatro meses. De março para abril, a produção na Zona Euro quebrou 0,6% e 0,7% no universo dos 28 Estados membros.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI