Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Portugal tem o quarto maior défice comercial da UE

As exportações e importações de bens registaram a mesma variação nos primeiros sete meses do ano, o que ditou um agravamento do défice da balança comercial.

Bruno Simão
Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 15 de Setembro de 2016 às 10:26
  • Partilhar artigo
  • 10
  • ...

Portugal registou um défice comercial de 5,6 mil milhões de euros nos primeiros sete meses do ano, o que representa o quarto valor mais elevado entre todos os países da União Europeia.

 

De acordo com o relatório publicado pelo Eurostat esta quinta-feira, 15 de Setembro, apenas a França (-36,6 mil milhões de euros), Grécia (-10,9 mil milhões de euros) e Espanha (-9 mil milhões de euros) apresentam um desequilíbrio maior entre importações e exportações de mercadorias.

 

Em Portugal as exportações desceram 2% para 29,3 mil milhões de euros, tendo as importações registado a mesma variação, para 34,9 mil milhões de euros. Estas variações ditaram um desagravamento ligeiro no défice comercial de bens, que nos primeiros sete meses do ano se situava nos 5,7 mil milhões de euros.

 

O desequilíbrio da balança deve-se sobretudo às trocas comerciais com os países da União Europeia, que foram deficitárias em 4,8 mil milhões de euros. No comércio com o resto do mundo as importações superaram as exportações em 800 milhões de euros.

 

As variações registadas em Portugal foram idênticas às verificadas no conjunto da Zona Euro, onde as exportações desceram 2% nos primeiros sete meses do ano e as importações recuaram 4%.

 

A Zona Euro apurou um excedente comercial de 25,3 mil milhões de euros em Julho, tendo aumentado para 160,6 mil milhões de euros nos primeiros sete meses do ano. Trata-se de um aumento face aos 140,9 mil milhões de euros registados no mesmo período do ano passado e a Alemanha continua a justificar grande parte deste crescente excedente externo.

 

Sozinha, a maior economia da Europa apurou um saldo positivo de 152,4 mil milhões de euros na sua balança comercial, o que compara com os 150,4 mil milhões de euros registados no período homólogo. Um crescimento que ocorre devido à estabilização das exportações e à queda de 1% nas importações.

Ver comentários
Saber mais União Europeia Eurostat défice comercial exportações importações
Outras Notícias