Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Portugal e EUA registam maior descida na taxa de desemprego da OCDE

Taxa de desemprego na OCDE desceu ligeiramente em Julho. Portugal, onde o desemprego caiu pelo quinto mês consecutivo, e Estados Unidos foram os países onde a taxa mais caiu: duas décimas.

Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 10 de Setembro de 2013 às 12:16
  • Assine já 1€/1 mês
  • 12
  • ...

Portugal continua a ser o terceiro país da OCDE que apresenta a taxa de desemprego mais elevada, embora a tendência dos últimos meses tenha sido de queda e em Julho a descida tenha sido a mais acentuada entre todos os países da região, a par com os Estados Unidos.

 

De acordo com o relatório publicado esta terça-feira pela OCDE, a taxa de desemprego em Portugal recuou de 16,7% em Junho para 16,5% em Julho. Só nos Estados Unidos a taxa de desemprego registou uma queda igual à de Portugal, embora a taxa seja bem mais reduzida (caiu de 7,6% para 7,4%).

 

A OCDE destaca o caso de Portugal e outros países europeus onde a taxa de desemprego dá sinais de tendência decrescente. “Depois de um longo período de aumentos, a taxa de desemprego desceu recentemente em Itália, Portugal e Espanha”, diz a OCDE. Em Itália a taxa de desemprego caiu 0,2 pontos percentuais em dois meses, em Portugal desceu 1,1 pontos percentuais em cinco meses e na Espanha baixou 0,2 pontos percentuais em três meses.

 

A Espanha continua a ser o segundo país da OCDE com a taxa de desemprego mais elevada (26,3%), só atrás da Grécia, que em Maio (último mês com dados disponíveis) registou uma taxa de 27,6%.

 

Portugal, apesar das quedas recentes, continua a ocupar o terceiro lugar, sendo que a quarta posição é ocupada pela Eslováquia, com 14,3%.

 

Tendo em conta todos os países da OCDE, a taxa de desemprego recuou uma décima, para 7,9%, permanecendo estável nos 12,1% na Zona Euro. São agora 47,9 milhões os desempregados na OCDE, menos 400 mil do que no mês anterior.

Ver comentários
Saber mais OCDE desemprego
Outras Notícias