Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Preços das casas fazem soar campainhas de Bruxelas

O preço das casas sobe há três anos em Portugal, mas disparou em 2016, recuperando valores pré-crise, e tocando no limite definido no mecanismo europeu de avaliação dos desequilíbrios macroeconómicos. Portugal, ocupa um dos lugares cimeiros no “ranking” de subidas da Zona Euro. Bruxelas faz recomendações ao país nos próximos dias.

As sanções que não existiram: Portugal esteve na linha da frente (a par com Espanha) para ser multado por incumprimento das regras orçamentais entre 2013 e 2015. A Comissão Europeia acabou por não propor qualquer multa no Verão, usando uma interpretação flexível das regras europeias defendida por Pierre Moscovici (na foto). A possível suspensão parcial de compromisso de fundos comunitários foi cancelada já em Novembro.
.
Rui Peres Jorge rpjorge@negocios.pt 18 de Maio de 2017 às 07:00
  • Partilhar artigo
  • 6
  • ...
O valor médio do imobiliário em Portugal subiu 7,1% em 2016, o que traduz um aumento de 6% dos preços do sector em cima de uma inflação geral da economia de 1,1%, revelam dados da Comissão Europeia. A subida de 6% toca no limite a partir do qual soam as campainhas do mecanismo de avaliação de desequilíbrios macroeconómicos da União Europeia.
...
Negócios Premium
Conteúdo exclusivo para assinantes
Já é assinante? Inicie a sessão
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone
  • Conteúdos exclusivos com melhor da informação económica nacional e internacional;
  • Acesso sem limites, até três dispositivos diferentes, a todos os conteúdos do site e app Negócios, sem publicidade intrusiva;
  • Newsletters exclusivas;
  • Versão ePaper, do jornal no dia anterior;
  • Acesso privilegiado a eventos do Negócios;
Ver comentários
Saber mais Desequilíbrios macroeoconómicos Bruxelas imobiliário casas
Mais notícias Negócios Premium
+ Negócios Premium
Capa do Jornal
Informação de qualidade tem valor. Invista. Assine já 1mês / 1€
Mais lidas
Outras Notícias